TEORIA CRÍTICA DOS DIREITOS HUMANOS E A CRÍTICA A DEMOCRACIA EM BOBBIO

Aline do Rocio Neves, Marcos Antonio Klazura

Resumo


O presente artigo apresenta a definição de democracia em Bobbio, elenca suas principais características. Realiza-se uma análise comparativa entre o ideal, e o real democrático. A pesquisa teve caráter bibliográfico, e foi realizada por meio da literatura política. O objetivo do presente trabalho é problematizar a concepção Bobbiana de democracia, comparando-a com outras perspectivas teóricas, e problematizando a expansão de um modelo europeu de “democracia modelo” (“Democracia internacional”) que desconsidera as pluralidades culturais, e suas particularidades, consequentemente reconduzindo o processo de colonização. Busca-se, portanto, elencar os desafios da democracia representativa, suas principais dificuldades de efetivação dos direitos humanos, e contestar discursos de inclusão abstratos, que defendem a universalidade dos direitos humanos, porém, que não percebem, ou ignoram o caráter evolucionista, eurocêntrico de sua essência. Desta forma se tomará como base alguns autores da Teoria Critica dos Direitos Humanos: (GALLARDO,2014), (QUIJANO,2005), (RUBIO,2015), (SANTOS, 1997), (BRAGATO,2014), (RUIZ, 2014), suas perspectivas teóricas, entre outros, para esta análise, sem qualquer pretensão de esgotamento epistemológico do vasto e multifacetado tema.
Palavras-chave: Direitos Humanos. Democracia. Bobbio.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.