DIREITOS HUMANOS COMO UM INDICADOR DE QUALIDADE NA AVALIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE MENTAL

Emanuella Cajado Joca, Ronaldo Rodrigues Pires

Resumo


Os processos de avaliação em saúde mental no Brasil ainda são incipientes e necessitam de maiores esforços para sua consolidação. A relevância em refletir sobre as propostas avaliativas contribuem para o fortalecimento da política de saúde mental que se constituiu sob bases inovadoras na assistência ao sofrimento psíquico da população. O presente trabalho apresenta uma reflexão teórica com o objetivo de discutir sobre as perspectivas dadas à avaliação dos serviços de saúde mental e o direcionamento do respeito aos direitos humanos como um indicador de qualidade. Pudemos perceber que o foco avaliativo no respeito aos direitos humanos e inclusão dos usuários e dos movimentos sociais organizados tem sido de suma importância para construir uma atenção digna e de qualidade.
Palavras-chave: avaliação em saúde, saúde mental, direitos humanos, políticas públicas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.