ANÁLISE DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DOS CONCEITOS MATEMATICOS DE ÁREA E PERÍMETRO COMO AÇÃO DE INICIAÇÃO A DOCÊNCIA

Angelina Bernardino, Catia Flariano, Renata Manenti Silva, Ledina Lentz Pereira, Elisa Netto Zanette

Resumo


O conhecimento matemático é uma produção histórica e cultural que alcançou níveis elevados de abstração, cuja essência situa-se na resolução de situações-problema associadas às necessidades da humanidade (SC/SEE, 2014). Para Damazio et al, (2014), o ensino e aprendizagem de Matemática deve situar-se na estruturação do pensar e do agir, de forma que os alunos se apropriem de conceitos inter-relacionados nos campos aritmético, algébrico e geométrico. As tarefas são aquelas, que levam o aluno a apropriar-se do modo geral, da essência (universal) do conceito. Para uma parcela significativa de estudantes, a Matemática é uma disciplina geradora de dificuldades. O modo de ensinar do professor infere em uma tendência de aprendizagem e de ensino. Da mesma forma, o processo de formação inicial da docência a partir do projeto PIBID/CAPES, possibilita conhecer a realidade escolar, as práticas educativas e o enfrentamento dos principais desafios no contexto educacional atual (TINTI, 2012). Assim, compreender e vivenciar o processo de ensino e aprendizagem, como uma das ações no PIBID, motivou o presente estudo. Definiu-se como problema: Como ocorre o processo de ensino e aprendizagem dos conceitos matemáticos de área e perímetro? Objetivou-se analisar o processo de ensino e aprendizagem dos conceitos matemáticos relacionados a unidades de medida, área, perímetro de figuras planas, em situação escolar. O presente estudo constitui-se em relato de experiência, bibliográfico e qualitativo. Integra as ações do PIBID – Subprojeto Matemática da UNESC. A população alvo foi constituída pelos estudantes do 8º ano da Educação Básica da EMEIEF Pe Ludovico Coccolo, Criciúma/SC. Participaram da pesquisa 29 alunos. Os dados foram coletados pela observação das manifestações orais e escritas dos alunos nas situações de aprendizagem, em 2017-1. Na elaboração das tarefas, buscou-se fundamentos teóricos a partir de Damazio et al (2014), Bicudo (2005), SC/SEE (2014), Caraça (1998) e Tinti (2012). Para a elaboração dos conceitos sistematizados de unidade de medida, perímetro e área, utilizou-se de materiais físicos: azulejos, material dourado, trena, régua e o software GeoGebra. Nas tarefas planejadas, utilizou-se parcialmente das proposições de Damazio et. al. (2014). As tarefas foram organizadas em atividade exploratórias de medição de azulejos e do muro lateral da escola com transposição e análise dos dados no Geogebra. Na aplicação das tarefas observou-se que a efetiva apropriação dos conceitos de unidade de medida, área e perímetro pelos alunos está relacionada à formação teórica e prática dos professores. Evidenciaram-se também as diferentes dificuldades dos alunos nos conceitos que deveriam ter visto anteriormente. As tarefas propostas e a observação das manifestações dos alunos possibilitaram vivenciar e analisar o processo de ensino e aprendizagem dos conceitos matemáticos em situação escolar e se constituiu como relevante na formação inicial da docência.

Palavras-chave: Histórico-Cultural, GeoGebra, Unidades de Medida, Perímetro, Área.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Conselho Editorial


Ademir Damazio

Edison Ugioni

Elisa Netto Zanette

Kristian Madeira

Ledina Lentz Pereira

 

Comissão de Avaliação

Ademir Damazio

Edison Ugioni

Elisa Netto Zanette

Eloir Fátima Mondardo Cardoso

Kristian Madeira

Ledina Lentz Pereira

Viviane Raupp Nunes de Araújo