O CONJUNTO DOS NÚMEROS COMPLEXOS: UMA EXPERIÊNCIA DE ENSINO NO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO

Alyne Catarina, Edison Uggioni

Resumo


O período de estágio é parte fundamental na formação inicial dos professores, é neste período que muitos dos estudantes dos cursos de licenciatura têm sua primeira experiência à frente de uma sala de aula. Para muitos, esse é o momento de colocar em prática as teorias aprendidas na universidade, além de uma chance de demonstrar postura, domínio de sala de aula e do conteúdo, com finalidade de melhorar as praticas educacionais para alcançar uma educação de qualidade. Neste âmbito, o presente trabalho foi desenvolvido como parte fundamental das disciplinas de Estágio Supervisionado do Ensino Médio, que ocorreram durante do ano de 2018. Com o objetivo de proporcionar ao aluno condições para que domine e aplique os conceitos relacionados ao conjunto dos números complexos, além de reconhecer a unidade imaginária "i" e as operações que envolvem este campo numérico. A partir destas, deu-se início aos estudos realizados com livros didáticos, para posteriormente iniciar a observação e atuação na escola. A aplicação deu-se em um terceiro ano da Escola de Educação Básica Caetano Bez Batti, localizada na cidade de Urussanga-SC, por meio de aulas expositivas e dialogadas, com a participação ativa dos aluno. Os conteúdos e as tarefas desenvolvidas com os estudantes, durante a atuação, foram organizados a partir de dois livros didáticos. A princípio, a aplicação se daria em duas turmas de terceiro ano, porém essa opção foi descartada. Um dos motivos foi que a outra turma possuía um rendimento inferior à que participou desta experiência, o que justificava parcialmente o atraso no calendário letivo. Este exemplo nos mostra as diferentes situações que se pode encontrar em sala de aula. Um mesmo professor nem sempre irá conseguir seguir com o conteúdo de forma igual em diferentes turmas do mesmo ano. Durante todos os momentos em sala de aula, os alunos foram avaliados, com intenção de que se identificasse o que ele já havia aprendido ou não, para que se providenciassem meios que permitissem o aprendizado necessário para a continuidade dos estudos. Como norma da escola também foi aplicada com os alunos uma avaliação ao fim da explicação dos conteúdos que foram abordados e anteriormente foi feito um trabalho de revisão dos conteúdos, que esclareceram as duvidas destes. A média da turma na avaliação foi preocupante, apenas 4,15, mesmo com três alunos atingindo a nota máxima 10. Mas os próprios alunos, durante o feedback solicitados ao fim do período de estágio, justificaram como falta de dedicação e estudo. De modo geral, os resultados desta experiência de ensino objetivaram identificar as aprendizagens e as dificuldades expressas nos questionamentos e esclarecimentos realizados durante todo o processo da ação pedagógica, além de expor as diferentes experiências vividas pela acadêmica estagiária no ambiente escolar.

Palavras-chave: Livro Didático, Unidade Imaginária, Experiências Didáticas, Estágio.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Conselho Editorial


Ademir Damazio

Edison Ugioni

Elisa Netto Zanette

Kristian Madeira

Ledina Lentz Pereira

 

Comissão de Avaliação

Ademir Damazio

Edison Ugioni

Elisa Netto Zanette

Eloir Fátima Mondardo Cardoso

Kristian Madeira

Ledina Lentz Pereira

Viviane Raupp Nunes de Araújo