A utilização de plantas medicinais por pacientes com doenças respiratórias crônicas participantes do grupo de reabilitação pulmonar

Daniela da Silva Lumertz, Angela Rossato, Ioná Vieira Bez Birollo, Maria Tereza Soratto

Resumo


Estudo com objetivo de identificar as plantas medicinais utilizadas por pacientes com doenças respiratórias crônicas participantes de um grupo de reabilitação pulmonar. Pesquisa de abordagem qualitativa, descritiva, exploratória e de campo. Aplicou-se entrevista semi estruturada com 10 pacientes do Grupo de Reabilitação Pulmonar da Clinica de Fisioterapia da Universidade Extremo Sul de Santa Catarina- UNESC. A análise dos dados foi realizada com a análise de conteúdo. As principais plantas utilizadas pelos pacientes que participam do Grupo de Reabilitação Pulmonar foram a camomila, boldo, guaco, cidreira, hortelã e folha de laranja. O conhecimento sobre a utilização das plantas medicinais advém principalmente da cultura passada de geração em geração pelas famílias. Os pacientes em sua maioria não receberam orientação da equipe multiprofissional sobre a utilização das plantas medicinais e interação medicamentosa. A forma utilizada das Plantas medicinais pelos pacientes geralmente está de acordo com as indicações da ANVISA. Os pacientes demonstraram dificuldade para relatar como ocorre a preparação das plantas medicinais. Considera-se primordial a revalorização do uso de plantas medicinais pela equipe multiprofissional de saúde em concordância com as diretrizes da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (PNPIC) e Programa Nacional de Plantas Medicinal e Fitoterápico. Sugere-se pesquisas direcionadas a atuação dos profissionais da saúde voltados as Plantas Medicinais e Fitoterápicos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/is.v6i1.2560

Direitos autorais 2017 Inova Saúde

 

 

ISSN 2317-2460

 

Indexação

      

Suporte e Apoio: