SÍNDROME DE BURNOUT ENTRE PROFESSORES ATUANTES EM ESCOLAS PÚBLICAS SOB A ÁREA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA TERRITÓRIO PAULO FREIRE

Gabriella Barbosa Nadas, Ana Alini da Silva Leandro, Vanessa Peruchi, Vanessa Somariva, Jacks Soratto, Luciane Bisognin Ceretta, Fabiane Ferraz, Francielle Lazzarin Freitas Gava, Cristiane Damiani Tomasi

Resumo


O estresse é um fator de risco para várias patologias, sendo ele preocupante em diversas profissões, especialmente no meio pedagógico. Tanto na natureza do trabalho do professor quanto no contexto em que exerce suas funções, existem fatores estressores que podem levar à síndrome de Burnout, sendo esta definida como um estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional. Este estudo tem como objetivo verificar a frequência da síndrome de Burnout entre professores de escolas públicas.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Inova Saúde

Qualis:

B4: Educação Física, Enfermagem e Interdisciplinar.  

B5: Saúde Coletiva

C: Ciências Biológicas I e Medicina I 


ISSN 2317-2460

 

Indexação

      

Suporte e Apoio: