A PREPONDERÂNCIA DO EXERCÍCIO NA SINTOMATOLOGIA MENOPAUSAL

Geiziane Laurindo de Morais, Joni Márcio de Farias

Resumo


A cessação permanente da menstruação, devido à deficiência da produção de hormônios estrógenos, se caracteriza como menopausa. A mulher passa do período reprodutivo para o não reprodutivo. Essa fase de transição implica, além de alterações biopsicossocioculturais, no surgimento de sintomas como depressão, ondas de calor, irritabilidade, insônia e doenças cardiovasculares, fatores esses que culminam na qualidade de vida desse público. Conforme Tairova (2011, p. 136), a atividade física aparenta ter um possível efeito benéfico, no alívio dessas sintomatologias. Esse trabalho possui como objetivo avaliar a relevância do exercício aeróbio sobre os sintomas menopausais.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Inova Saúde

Qualis:

B4: Educação Física, Enfermagem e Interdisciplinar.  

B5: Saúde Coletiva

C: Ciências Biológicas I e Medicina I 


ISSN 2317-2460

 

Indexação

      

Suporte e Apoio: