EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM ADOLESCENTES DE UMA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE CRICIÚMA

Josiane de Sá Brognolli, Jéssica Abatti Martins, Laise Possamai dos Santos, Luana Stangherlin, Jacks Soratto, Luciane Bisognin Ceretta, Rita Suselaine Vieira Ribeiro

Resumo


A educação em saúde consiste em uma ferramenta de extrema importância, para a conscientização individual e coletiva sobre os direitos e deveres pertinentes a mesma. É um dispositivo fundamental nas ações que visam à promoção de saúde e prevenção de doenças, pois proporciona o empoderamento e a autonomia do indivíduo no cuidado com a sua própria saúde. As atividades de promoção e prevenção são importantes em todas as fases da vida, porém, na adolescência acentua-se essa importância devido às diversas e intensas mudanças (físicas, emocionais, cognitivas e sociais) pelas quais o indivíduo passa, tornando esta fase crítica para a formação dos hábitos de vida que se estenderá para a fase adulta. Neste sentido a formação de grupos com adolescentes para abordar assuntos relacionados ao cuidado com a saúde, torna-se essencial para preservar/resgatar a autonomia do indivíduo e contribuir para que o mesmo tenha uma melhor qualidade de vida na fase adulta. O objetivo do presente estudo é relatar a experiência de um grupo de educação em saúde no ambiente escolar.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Inova Saúde

Qualis:

B4: Educação Física, Enfermagem e Interdisciplinar.  

B5: Saúde Coletiva

C: Ciências Biológicas I e Medicina I 


ISSN 2317-2460

 

Indexação

      

Suporte e Apoio: