O direito natural na gênese do direito positivo

José Mauro Savino Filó

Resumo


Não podemos falar em História e Verdade antes do grande germânico Leopold Von Ranke dar um caráter científico à historiografia, através de um método e técnicas rigorosos, definindo com clareza seu objeto, não se pode falar da existência da História Científica. Os Estudos Históricos eram, até então, pura literatura. Os fatos reais amontoavam-se e confundiam-se em meio de fábulas, novelas, poemas, mitologias e mitos de toda espécie, a serviço das ideologias ou crenças religiosas dominantes, contribuindo eficazmente para submeter o espírito humano à escravidão até o século XIX. Um texto histórico pode exalar ciência pura e ser vasto baseado nas informações de um saber profundo e iluminado por uma vasta experiência, constituindo em uma grande concepção da História, mas também pode ser mal informado e mal iluminado, constituindo-se em uma simples complicação de pontos de vista confusos.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

 

ISSN 2237-7395

 

Editores:

Lucas Machado

Gustavo Borges