EDUCOMUNICAÇÃO E SUSTENTABILIDADE: SAÚDE PSICOSSOCIAL EM CONTEXTO DE PANDEMIA DE DESINFORMAÇÃO

Rafael Gué Martini

Resumo


A pandemia da COVID-19 é acompanhada de uma profusão de desinformação que confunde e provoca sofrimento nas pessoas. Essa situação nos obriga a dedicar energia em dobro: na prevenção da doença e no constante embate de ideias motivado por informações controversas. Como se proteger dessa realidade e conseguir refletir de forma propositiva sobre o momento e situação que vivemos? Quais as relações que podemos estabelecer entre a cultura da (des)informação e a sustentabilidade? Que atitudes podem ser tomadas para melhorar nossa saúde psicossocial e nos fortalecer no enfrentamento dessa e de outras situações que podem surgir, em uma realidade de colapso socioambiental? Essas são algumas questões de fundo para o nosso diálogo sobre o campo da educomunicação, sua relação com a sustentabilidade, com as epistemologias do Sul e a necessidade de editarmos nosso mundo com consciência e ética.


Texto completo:

PDF

Referências


ACHBAR (DIRETOR), M.; SIMPSON (PRODUTOR), B. The Corporation. Canada: Big Picture Media Corporation, 2003.

ANDRADE, C. D. DE. Discurso de primavera e algumas sombras. Rio de Janeiro, Brasil: Editora Record, 1977.

ARMSTRONG, J. C. Educação okanagan para uma vida sustentável: Tão natural quanto aprender a andar ou falar. In: CAPRA, F. (Ed.). . Alfabetização Ecológica: A educação das crianças para um mundo sustentável. São Paulo: Cultrix, 2007. p. 109–113.

BACCEGA, M. A. Comunicação & Educação: do mundo editado à construção do mundo. Comunicação & Informação, v. 2, n. 2, p. 176–187, 1999.

BLAKE, W. William Blake: Poesia e Prosa Selecionadas. 1. ed. São Paulo: Nova Alexandria, 1993.

CAPRA, F. (Ed.). Alfabetização Ecológica: A educação das crianças para um mundo sustentável. São Paulo: Cultrix, 2007

CASTELLS, M. O Poder Da Comunicação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2015.

CLOUTIER, J. A Era de EMEREC ou a Comunicação Áudio-scripto-visual na hora dos self media. 2. ed. Lisboa: Instituto de Tecnologia Educativa, 1975.

FERRÉS, J.; PISCITELLI, A. La competencia mediática: propuesta articulada de dimensiones e indicadores Media Competence. Articulated Proposal of Dimensions and Indicators. Comunicar, v. XIX, n. 38, p. 75–82, 2012.

FOLMAN, A.; POLONSKY, D. O diário de Anne Frank em quadrinhos. 1. ed. Rio de Janeiro, Brasil: Record, 2017.

FREIRE, P. A Importância do Ato de Ler: em três artigos que se completam. 22 ed. ed. São Paulo: Cortez, 1988.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. 11a ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GOLEMAN, D. Inteligencia emocional. Barcelona, España: Kairós, 1996.

HUERGO, J. A. Una guía de comunicación/educación, por las diagonales de la cultura y la política. In: APARICI, R. (Ed.). . Educomunicacíon: más allá del 2.0. Barcelona: Gedisa Editorial, 2010. p. 65–104.

IE ULISBOA. AFIRSE 2017 | João Barroso. Arquivo de vídeo. Disponível em: .

IE ULISBOA. AFIRSE 2017 | Mesa Redonda 2. Arquivo de vídeo. Disponível em: .

LETRAS.MUS.BR. No Momento (100%) - BNegão & Seletores de Frequência. Disponível em: . Acesso em: 5 jun. 2020a.

LETRAS.MUS.BR. Cowboy Fora da Lei - Raul Seixas. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2020b.

MACHADO, D. Coronavírus também gera uma perigosa pandemia de desinformação. Folha de São Paulo, 2020.

MAFFESOLI, M. A comunicação sem fim (teoria pós-moderna da comunicação). Revista FAMECOS, n. 20, p. 13–20, 2003.

MARGOLIN, M. Pedagogia indígena: Um olhar sobre as técnicas tradicionais de educação dos índios californianos. In: CAPRA, F. (Ed.). . Alfabetização Ecológica: A educação das crianças para um mundo sustentável. São Paulo, Brasil: Cultrix, 2007. p. 95–108.

MÁRQUEZ, G. G. Cem anos de solidão. 11. ed. Rio de Janeiro, Brasil: Editora Record, 1971.

MARTINI, R. G. Educomunicador como agente de integração das tecnologias de informação e comunicação na escola. Doutoramento em Ciências da Educação—Braga: Universidade do Minho, 2019.

MATTELART, A. Comunicação-mundo: História das Idéias e das Estratégias. Petrópolis, Brasil: Vozes, 1994.

MEC. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: Ministério da Educação do Brasil, 2018. Disponível em: . Acesso em: 5 set. 2018.

MONIN, S. Quarentena e apartheid tecnológico: Brasil não fez da Internet objeto de política pública. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2020.

MORIN, E. Os setes saberes necessários à educação do futuro. São Paulo; Brasília, DF, Brasil: Cortez; UNESCO, 2000.

MORISSAWA, M. A História da luta pela terra e o MST. São Paulo, Brasil: Expressão Popular, 2001.

MOVIMENTO NACIONAL ODS SC. 5 Dicas para alcançar o ODS 4 - Educação de Qualidade Para Todos. Disponível em: . Acesso em: 14 jun. 2020.

MOVIMENTO NACIONAL ODS SC. Portal do Movimento Nacional ODS Santa Catarina - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2020.

MOVIMENTO PELA BASE. Dimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCCPorvir, , 2018. Disponível em: . Acesso em: 14 jun. 2020

ORR, D. W. Lugar e pedagogia. In: CAPRA, F. (Ed.). . Alfabetização Ecológica: A educação das crianças para um mundo sustentável. São Paulo: Cultrix, 2007. p. 114–124.

PÉREZ TORNERO, J. M. La emergencia de la alfabetización mediática e informacional Un nuevo paradigma para las políticas públicas y la investigación. Revista TELOS (Cuadernos de Comunicación e Innovación) -, p. 4–7, 2015.

REUBEN, A. 1% da população global detém mesma riqueza dos 99% restantes, diz estudo. Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2020.

SANTOS, B. DE S. Para um novo senso comum: a ciência, o direito e a política na transição paradigmática. V.1. A crítica da razão indolente: contra o desperdício da experiência. São Paulo: Cortez, 2000.

SANTOS, B. DE S. Epistemologías del Sur. Utopía y Praxis Latinoamericana. Revista internacional de Filosofía Iberoamericana y Teoría Social, n. 54, p. 17–39, 2011.

SANTOS, B. DE S. O fim do império cognitivo: a afirmação das epistemologias do Sul. Coimbra, Portugal: Edições Almedina, 2018a.

SANTOS, B. DE S. A arte e as Epistemologias do Sul: as linguagens da libertação. Aula Magistral proferida na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Anais...Coimbra: Informação Verbal, 2018b

SANTOS, B. DE S. A Cruel Pedagogia do Vírus. Coimbra, Portugal: Edições Almedina, 2020.

SILVA, B. A Glocalização da Educação: da escrita às comunidades de aprendizagem. O particular e o global no virar do milénio: Cruzar Saberes em Educação. Actas do 5o Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Anais...Porto: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, 2002

SILVA, E. R. A. DA; PELIANO, A. M.; CHAVES, J. V. AGENDA 2030: ODS - Metas Nacionais dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Brasília: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - Ipea, 2018. Disponível em: . Acesso em: 14 jun. 2020.

SOARES, I. DE O. Comunicação/Educação: A emergência de um novo campo e o perfil de seus profissionais. Contato: Revista Brasileira de Comunicação, Arte e Educação, v. 1, n. 2, p. 19–74, 1999.

SOUZA, A. C.; NUNES, C. A. Decifra-me ou eu te devoro! - os fundamentos socioeconômico-culturais do modo de produção capitalista e suas implicações na história da educação e no trabalho educativo. Educação em Análise, v. 2, n. 1, p. 5–20, 2017.

WILSON, C. et al. Alfabetização midiática e informacional: Currículo para formação de professores. Brasília: UNESCO, UFTM, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.18616/ce.v9i2.6050



Direitos autorais 2020 Criar Educação

 

 

ISSN 2317-2452

Qualis

Ensino - B1

Linguística e Literatura - B3

Ciências ambientais, Comunicação e informação, Geografia, Interdisciplinar, Saúde Coletiva e Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis, e Turismo - B4

Educação, Planejamento Urbano e Regional/Demografia - B5

Biodiversidade e História - C

Editor: ALEX SANDER DA SILVA

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.