A MATERIALIDADE COMO CULTURA: NOS TORNAMOS COM AS COISAS

Willian Carboni Viana, Luiz Antonio Pacheco Queiroz

Resumo


Resumo: Trazemos uma reflexão da materialidade, enquanto categoria que expressa e é manifestada, na condição fundamental dos seres humanos. Em nossa visão, as realizações da humanidade sempre foram intermediadas pelas coisas. E hoje, nos relacionamos cada vez mais por meio delas, devido à nossa capacidade de acumular conhecimento e convergir pensamentos em ações. As coisas se misturam ao nosso coletivo, por meio das mais variadas formas (no trabalho, num museu, etc.). Assim, traçamos também breve discussão sobre a marginalização de estudos que enfocam a materialidade, em que geralmente são empregadas matrizes ontológicas convencionais, que não conectam a materialidade à vida social.

Palavras-chave: Cultura Material; Materialidade; Vida Social; Coisas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Seminário de Filosofia e Sociedade

Coordenadores:

Alex Sander da Silva

Jéferson Luis de Azeredo


ISSN: 2527-1415