A CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA DA MULHER NEGRA AFRICANA EM DIÁSPORA NA OBRA AMERICANAH DE CHIMAMANDA NGOZI ADICHIE

Suélem da Cunha

Resumo


Resumo: Este trabalho tem como objetivo analisar como se dá a formação da identidade da mulher negra africana na diáspora, e possui como corpus de análise a obra Americanah de Chimamanda Ngozi Adichie. Neste sentido, este estudo propõe uma reflexão, através da literatura contemporânea africana, sobre os frequentes processos de deslocamentos, bem como discutir o quanto a movimentação e a ambivalência provenientes da diáspora influenciam nas negociações identitárias, concomitantemente na formação das identidades híbridas.

Palavras chave: identidade; diáspora; mulher negra.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Seminário de Filosofia e Sociedade

Coordenadores:

Alex Sander da Silva

Jéferson Luis de Azeredo


ISSN: 2527-1415