O MEDO DA DESIGUALDADE: DA CRISE DE IDENTIDADE CONTEMPORÂNEA AO EMPODERAMENTO

Camila Machado Rodrigues, Gisele da Silva Rezende da Rosa

Resumo


Resumo: Este trabalho visa realizar um estudo focado na pessoa com deficiência física, baseando-se fundamentalmente em delimitar pressupostos e preceitos de preconceito, estereótipos e discriminação, com vistas à manutenção de direitos, buscando elaborar um apanhado baseado em conjecturas jurídicas e de convívio social. Importante ressaltar que são limitadas as noções de auto-integração dos direitos em ampla divulgação de pontos cruciais relacionados ao medo da desigualdade que é fato gerador da crise de identidade contemporânea da pessoa com deficiência. Em vistas à integração de conhecimento que leva ao empoderamento e a defesa dos direitos destes direitos aferidos às pessoas com deficiência física.

Palavras-chave:Deficiência Física – Empoderamento – Alteridade – Identidade – Preconceito


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Seminário de Filosofia e Sociedade

Coordenadores:

Alex Sander da Silva

Jéferson Luis de Azeredo


ISSN: 2527-1415