SOLDADOS DO MEDO

Kenia Custódio

Resumo


Resumo: Este ensaio é uma reflexão sobre o texto Murar o Medo de Mia Couto. Murar o medo faz pensar sobre esse sentimento ou estado, que assola e/ou nos assombra, por um curto período ou por uma vida inteira. O medo de criaturas celestiais, medo o que o mundo acabe, as diversas formas de medo criam fantasmas, tira a coragem de ir além das fronteiras e lhes dá uma falsa sensação de proteção. O medo cala o pensamento crítico, interrompe sonhos, escraviza e empareda mentes torturadas e transforma poesia em lamento de um triste contentamento.

Palavras-chave: Medo; semiformação; pensamento crítico.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Seminário de Filosofia e Sociedade

Coordenadores:

Alex Sander da Silva

Jéferson Luis de Azeredo


ISSN: 2527-1415