HERANÇAS E SABERES DE: HAMPATÊ BÂ, ENTRE O MENINO FULA E A TRADIÇÃO VIVA

Camila Machado Rodrigues, Gisele Rezende, Josiane Custódio de Souza

Resumo


Resumo: Este estudo ressalta a importância da manutenção das raízes, da herança para a construção dos saberes e da subjetividade do ser. Explicitado o recorte das experiências narradas e escritas com propriedade por Hampâté Bâ, são enaltecidas importantes apropriações da identidade de todo um continente. Onde não existe a tradição da escrita, o homem está ligado à palavra falada. Ressaltando a oralidade, ressalta-se a memória e o conhecimento acumulados ao longo da vida, que pode evidenciar um processo de produção de conhecimento.

Palavras-chave: Tradição; Oralidade; Heranças.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Seminário de Filosofia e Sociedade

Coordenadores:

Alex Sander da Silva

Jéferson Luis de Azeredo


ISSN: 2527-1415