A MORTE COMO UM DISPOSITIVO PARA SE PENSAR A LIBERDADE

Jorge Luiz Savi da Rosa

Resumo


Resumo: O presente trabalho vem discutir a relação entre morte e liberdade, em que se tem o principal pensador o autor Heidegger, que mostra uma abertura até o ser, que sustenta em dar sentido a sua existência. Buscou-se entender as concepções de morte e da relação que se tem com a liberdade de cada indivíduo, através dos autores Duarte e Naves (2010) e Werle (2013). Sendo assim, esse trabalho busca essencialmente mostrar os estudos sobre a morte em uma perspectiva de liberdade através dos estudos da filosofia de corrente existencialista, por um autor reconhecido pelo o estudo do ser.

Palavras-chave: Morte; Heidegger; liberdade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Seminário de Filosofia e Sociedade

Coordenadores:

Alex Sander da Silva

Jéferson Luis de Azeredo


ISSN: 2527-1415