INDÚSTRIA CULTURAL NA SALA DE AULA

Gisele da Silva Rezende da Rosa, Paula Oliveira da Silva

Resumo


O trabalho aqui pretende apresentar um relato de experiência de uma professora de artes que em sua atuação, deparou-se com uma situação na escola que lhe causou estranheza em relação aos estilos musicais apreciados pelos alunos. Esta narração ocorrerá buscando correlacionar o fato com três textos do filósofo Theodor Adorno, além de uma proposta para ampliar o olhar sobre os gêneros musicais.

Palavras-chave: Indústria cultural; Fetichismo na música; Emancipação.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Seminário de Filosofia e Sociedade

Coordenadores:

Alex Sander da Silva

Jéferson Luis de Azeredo


ISSN: 2527-1415