Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista de Iniciação Científica da UNESC é destinada à publicação de artigos escritos por acadêmicos, sob a orientação de seus professores, como resultado de trabalhos científicos desenvolvidos nesta IES, em caráter incipiente, em todas as áreas do conhecimento contempladas nos diversos cursos de graduação oferecidos.

 

Políticas de Seção

ARTIGOS

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

UNACET

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

UNASAU

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

UNAHCE

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

UNACSA

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

APRESENTAÇÂO

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

FICHA CATALOGRÁFICA

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Periodicidade

Semestral

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Especificações Gerais - Fluxo de submissão e aprovação

Normas para publicação Revista de Iniciação Científica da UNESC 


I – Sobre a formatação dos manuscritos

1) Os manuscritos deverão ser redigidos em português, inglês ou espanhol, com resumos em português e abstract em inglês, com título nas duas línguas. Deverão ser enviados em versão eletrônica (arquivo.doc), digitados com espaçamento de 1,5, fonte Times New Roman, tamanho 12; obedecendo as margens de 3cm. Os textos deverão apresentar uma linguagem precisa, clara e sucinta.

2) Na página de rosto, deverá constar o título do manuscrito, o nome completo dos autores e das instituições envolvidas. Deve-se indicar o autor para correspondência e seus endereços: postal completo e eletrônico (Estas informações serão, posteriormente, retiradas pela Comissão Editorial, para garantir o anonimato dos autores). Abaixo devem vir: resumo, palavras-chave (máximo de cinco), abstract, key words e título abreviado (máximo de 60 caracteres).

3) O resumo e o abstract não poderão exceder a 200 palavras.

4) O limite de páginas de trabalhos teóricos, artigos originais de pesquisa e revisões, incluindo figuras, tabelas e referências bibliográficas, é de 15.

5) Os artigos originais de pesquisa deverão conter, sempre que possível, Introdução, Material e Métodos, Resultados, Discussão, Agradecimentos e Referências. As demais formas de publicação não necessitam apresentar as subdivisões acima.

6) As citações de referências no texto devem obedecer ao seguinte padrão: um autor (NETTO,
2001); dois autores (MOTTA-JÚNIOR; LOMBARDI, 2002); três ou mais autores (RAMOS et al.,
2002).

7) No caso do(s) nome(s) do(s) autor(es) fazer(em) parte da frase, os nomes devem ser grafados apenas com a inicial maiúscula e o ano da publicação deve vir entre parênteses. Por exemplo: "Segundo Assis e Pereira (2010), as aves migram para regiões mais quentes."

8) Quando houver, no mesmo ano, mais de um artigo de mesma autoria, deve-se acrescentar letras minúsculas após o ano, conforme o exemplo: (DAVIDSON et al., 2000a; 2000b). Quando houver mais de uma citação dentro de um mesmo parêntese, essas devem ser colocadas em ordem cronológica. Exemplo: (GIRARD, 1984; GROVUM, 1988; DE TONI et al., 2000).

9) As citações de referências no final do artigo devem obedecer às normas da ABNT, seguindo a ordem alfabética do sobrenome do primeiro autor (e assim sucessivamente para os demais autores). Apenas citações que aparecem no texto devem constar na lista de referências. As citações de resumos de congressos e reuniões científicas não poderão ultrapassar a 10% do total de referências citadas. Trabalhos aceitos para publicação devem ser referidos como "no prelo" ou "in press", quando tratar-se de artigo redigido em inglês. Dados não publicados devem ser citados apenas no texto como "dados não publicados" ou "comunicação pessoal", entre parênteses.

Exemplos de citação na lista final de referências

a) artigos em periódicos

ALBUQUERQUE, U. P.; ANDRADE, L. H. C. Uso de recursos vegetais da Caatinga: o caso do agreste
do estado de Pernambuco. Interciência, Caracas, v. 2, n. 28, p. 336-346, 2002.

b) livros na íntegra

MILLIKEN, W.; MILLER, R. P.; POLLARD, S. R.; WANDELLI, E. V. I. Ethnobotany of the Waimiri atroari indians. London: Royal Botanic Gardens Kew, 1992. 146 p.

c) capítulo de livros

COLLEAUX, L. Genetic basis of mental retardation. In: JONES, B. C.; MORMÈDE, P. (Eds).
Neurobehavioral Genetics – Methods and applications. 2 ed. New York: CRC Press, 1999. p. 275-
290.

d) teses, dissertações e monografias.

FARIA, P. E. P. Uso de biomarcadores de estresse oxidativo no berbigão Anomalocardia
brasiliana (GMELIN, 1971) para avaliação de poluição aquática em dois sítios em Florianópolis -
Santa Catarina - BRASIL. 2008. 37 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal de
Santa Catarina, Florianópolis. 2008.

e) publicações em Congressos, Reuniões Científicas, Simpósios, etc.

SILVA, J. F., BOELONI. J. N.; OCARINO, N. M.; BOZZI, A.; GÓES, A. M.; SERAKIDES, R. Efeito dose-
dependente da Triiodotironina (T3) na diferenciação osteogênica de células tronco mesenquimais
da medula óssea de ratas. In: REUNIÃO ANUAL DA SBPC, 60, 2008, Campinas. Resumos...
Campinas: SBPC, 2008. Versão eletrônica.

f) páginas da Internet

FOX,R.InvertebrateAnatomy-Daphniamagna.2002.

Disponível
<http:www.science.lander.edu/refox/daphnia.html>. Acesso em: 22 maio 2003.

10) As figuras (fotografias, desenhos, etc.) e as tabelas já devem ser inseridas no corpo do texto, no melhor local após o final do parágrafo em que foram citadas pela primeira vez. Quando for o caso, as figuras devem conter a representação da escala em barras. Sempre que possível, as ilustrações deverão ser coloridas. Tabelas e figuras devem ser numeradas com algarismos arábicos de acordo com sua sequência no texto, sendo que este deve incluir referências a todas elas. As tabelas e figuras deverão ter um título (em cima das mesmas) breve e auto-explicativo. Informações adicionais, necessárias à compreensão das tabelas e figuras, deverão ser dadas em forma de nota de rodapé, embaixo das mesmas.

II – Sobre a avaliação e a publicação dos manuscritos

1) Preliminarmente, o manuscrito será avaliado por um Editor de Área, que emitirá um parecer sobre a adequação do mesmo ao escopo da Revista e á qualidade de sua redação.

2) Em caso de parecer favorável ao início da tramitação, pelo Editor de Área, o manuscrito será analisado por dois avaliadores, especialistas no tema do mesmo, sendo sua aceitação baseada no seu conteúdo científico.

3) Os autores receberão os pareceres dos avaliadores e deverão encaminhar a nova versão, em um prazo máximo de 20 dias, com as alterações sugeridas, em formato eletrônico (.doc). No caso do não atendimento de alguma sugestão dos avaliadores, os autores deverão apresentar uma justificativa circunstanciada, em documento anexado à parte.

4) A versão corrigida será re-submetida a pelo menos um dos avaliadores para que as alterações procedidas sejam avaliadas.

5) Uma vez aceito quanto ao mérito científico, os autores se responsabilizarão pelo envio do texto em inglês a um dos revisores da língua inglesa indicados pela revista. Após a correção do inglês, os autores deverão encaminhar a versão corrigida juntamente com a certificação do revisor do texto
em inglês.

6) Após a aceitação para publicação, provas definitivas do artigo, em formato pdf, serão enviadas para a última correção dos autores. Erros nessa última forma serão de total esponsabilidade dos autores.

7) Os arquivos PDF’s dos manuscritos aceitos serão disponibilizados, com acesso livre, na página
da revista (http:periodicos.unesc.net).

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista.

2. Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word (.doc).

3. URLs para as referências foram informadas quando necessário.

4. O texto está em espaço 1,5; usa fonte Times New Roman, tamanho 12; emprega itálico apenas em nomes científicos (gênero e espécie) em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, no melhor local após sua
primeira citação.

5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção Sobre a Revista.

6. O(s) autor(es) se compromete(m), caso o manuscrito seja aceito, a submeter e arcar com as despesas da correção do texto em inglês (seja apenas o abstract, seja o texto completo). Esta correção deverá ser feita por um dos revisores da confiança da comissão editorial da revista. Após a correção ser realizada, o(s) autor(es) deverá(ão) encaminhar a cópia da correção feita pelo revisor, bem como uma certificação da correção realizada.

7) Os arquivos PDF’s dos manuscritos aceitos serão disponibilizados, com acesso livre, na página
da revista.