INFÂNCIAS E CRIANÇAS: CONSUMO E CONSUMISMO SOB O PONTO DE VISTA DAS CRIANÇAS DO CEI PATO DONALD (MELEIRO – SC).

Liliane Maria Rodrigues Brito, Marli de Oliveira Costa

Resumo


Este estudo aborda uma pesquisa realizada com seis crianças de cinco anos de idade, de uma escola pública do município de Meleiro/SC, acerca da moda e brinquedos infantis sob o olhar das crianças. Este artigo tem como objetivo compreender nas falas destas crianças a influência da mídia, refletindo também acerca do consumismo infantil. Para a concretização da pesquisa a metodologia utilizada foi o “Espaço de Narrativas”. Para tanto, as crianças foram conduzidas para uma das salas da escola, espaço dedicado para fins pedagógicos. Nesse espaço foram realizadas algumas atividades pedagógicas que levaram as crianças a se expressarem e manifestarem os seus gostos e desejos. As referências que contribuíram para este artigo foram: quanto ao conceito de Infâncias e Crianças, DCN para a Ed. Infantil (2013), Ferreira (1993), Sarmento (2003; 2004), ECA (1990), Kuhlmann (1998); Quanto ao conceito moderno de infância Ariès (1978), Esperança (2013); Momento em que as crianças se tornam alvo do marketing, Sarmento (2004), Esperança (2013), Postman (1999); Quanto às reflexões sobre o consumo, consumismo e mídia, Esperança (2013), Sarmento (2000), Documentário “Criança, a alma do Negócio” (2007); Reflexão sobre a escuta gestos, expressões corporais e faciais das crianças, Rocha (2008), Leite (2008), Queiroz (2000), Francischini e Campos (2008). A pesquisa evidenciou que as escolhas das vestes e dos brinquedos que as crianças envolvidas na pesquisa apresentavam a influência da mídia.

PALAVRAS CHAVE: Infâncias. Crianças. Consumo. Marketing. Moda Infantil.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/rsp.v2i0.3397

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Saberes Pedagógicos

 

 

ISSN 2526-4559


Editor-chefe

Dr. Ricardo Luiz de Bittencourt

Corpo Editorial Científico

Dra. Andréia Morés, Universidade de Caxias do Sul, Brasil

Dr. Carlos Augusto Elsébio, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Dr. Christian Muleka Mwewa – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Brasil

Dr. Gildo Volpato, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Dra. Maria Antônia Ramos de Azevedo, Universidade Estadual Paulista, Brasil

Dra. Maria Isabel da Cunha, Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Dra. Marta Regina Furlan de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina, Brasil 

Dra. Mariana Saez, Universidade Nacional La Plata, Argentina

Dra. Maria Veronica Leiva Guerrero, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, Chile

Dra. Patrícia Jantsch Fiuza – Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil