MEMÓRIAS SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA EMEIEF PADRE PAULO PETRUZZELLIS NA DÉCADA DE 1990

Luciana Trindade de Freitas, Luci Cristina Ostetto

Resumo


O presente artigo procura refletir o processo de implantação da EMEIEF Padre Paulo Petruzzellis na década de 1990, nas dependências do Bairro da Juventude dos Padres Rogacionistas por meio de diferentes memórias. Este estudo é uma contribuição para a história da educação em Criciúma. Como metodologia utilizou-se uma pesquisa documental, com jornais locais, como decretos de leis que deram base à implantação da escola Padre Paulo Petruzzellis no ano de 1994 e principalmente a história oral, quando foram coletados depoimentos de professoras que faziam parte do quadro docente na época de sua implantação. Com esse trabalho acadêmico pude perceber que através de diferentes memórias foi possível alcançar os objetivos propostos por esta pesquisa, as professoras entrevistadas buscaram em suas lembranças acontecimentos que marcaram a implantação da EMEIEF Padre Paulo Petruzzellis na década de 1990.

PALAVRAS CHAVE: Escola. Assistencialismo. Memórias. Bairro da Juventude.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/rsp.v2i0.3398

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Saberes Pedagógicos

 

 

ISSN 2526-4559


Editor-chefe

Dr. Ricardo Luiz de Bittencourt

Corpo Editorial Científico

Dra. Andréia Morés, Universidade de Caxias do Sul, Brasil

Dr. Carlos Augusto Elsébio, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Dr. Christian Muleka Mwewa – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Brasil

Dr. Gildo Volpato, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Dra. Maria Antônia Ramos de Azevedo, Universidade Estadual Paulista, Brasil

Dra. Maria Isabel da Cunha, Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Dra. Marta Regina Furlan de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina, Brasil 

Dra. Mariana Saez, Universidade Nacional La Plata, Argentina

Dra. Maria Veronica Leiva Guerrero, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, Chile

Dra. Patrícia Jantsch Fiuza – Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil