Estratégias de leitura, sob o olhar de duas docentes no Ensino Fundamental I

Aline Neves Gomes, Nara Cristine Thomé Palácios Cechella

Resumo


O presente artigo traz uma reflexão docente acerca das questões relacionadas às Estratégias de Leitura no Ensino Fundamental I, em uma Rede de Ensino do Município de Içara. Tentou-se apresentar a importância das estratégias de leitura, e como podem auxiliar na compreensão leitora dos alunos. O artigo teve o objetivo de verificar de que forma o professor desenvolve a leitura de forma significativa, identificando a importância das estratégias de leitura dos vários tipos de gêneros textuais. Para construir o referencial teórico, foram usadas e pesquisadas algumas ideias de alguns autores, entre eles destacam-se: Emmel (2003), Freire (1989), Leffa (1996), documentos norteadores como Proposta Pedagógica Curricular de Içara, o PPP (Projeto Político Pedagógico) da escola e o Projeto Anual Escolar. A coleta dos dados foi realizada por meio de um questionário, com duas professoras que responderam às questões, conforme seus conhecimentos e suas práticas docentes vivenciadas. O artigo mostrou que a escola investigada possui um grande interesse sobre a leitura, mas quando colocado em prática, fica visível que o assunto se mostra vago, além de as professoras também apresentarem a falta de argumentos e embasamentos teóricos sobre o assunto.
PALAVRAS-CHAVE: Compreensão Leitora. Ensino Fundamental. Língua Portuguesa. Estratégias de leitura. Gêneros Textuais.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/rsp.v2i1.3712

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Saberes Pedagógicos

 

 

ISSN 2526-4559


Editor-chefe

Dr. Ricardo Luiz de Bittencourt

Corpo Editorial Científico

Dra. Andréia Morés, Universidade de Caxias do Sul, Brasil

Dr. Carlos Augusto Elsébio, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Dr. Christian Muleka Mwewa – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Brasil

Dr. Gildo Volpato, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Dra. Maria Antônia Ramos de Azevedo, Universidade Estadual Paulista, Brasil

Dra. Maria Isabel da Cunha, Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Dra. Marta Regina Furlan de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina, Brasil 

Dra. Mariana Saez, Universidade Nacional La Plata, Argentina

Dra. Maria Veronica Leiva Guerrero, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, Chile

Dra. Patrícia Jantsch Fiuza – Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil