MEMÓRIA, CULTURA ESCOLAR E (AUTO)BIOGRAFIA: REGISTRANDO OUTRAS HISTÓRIAS SOBRE A EDUCAÇÃO NO MUNICÍPIO DE TURVO - SC (1923 a 2017)

Natália Emidio Januário, Lucy Cristina Ostetto

Resumo


A presente pesquisa apresenta uma discussão a respeito de memória, cultura escolar e autobiografia. Essa discussão visa refletir a importância da preservação do patrimônio de uma cultura escolar para a ressignificação da história, com foco na história da educação do município de Turvo- SC, assim como questionar em que ponto a cultura escolar e as memórias podem ajudar a registrar outras histórias, na perspectiva da memória dos professores. As discussões ao longo do artigo foram fundamentadas com os autores: Barroso (2014), Bernardes; Ostetto (2015), Colodel (2016), Costa et al. (2007), Costa; rabelo (2014), Freitas; Ghedin (2015), Goulart (2010) Lima e Florencio (2017), Menezes (1997), Souza (apud Nascimento; Hetkowski 2007). Além de recortes de documentos da História da Educação de Turvo, que apresenta a biografia de professores e professoras que traçaram o caminho por onde a educação turvense caminhou desde o ano 1913, também se valeu de uma pesquisa bibliográfica, documental e com base na história oral. Sendo subdividido em 3 seções, a primeira, contextualiza o leitor sobre a História do município de Turvo. A segunda trata da valorização da memória e biografia de professores e a terceira seção registra as memórias da professora Patrícia Januário e assim produziu-se sua biografia. Como resultado, notou-se que a cultura escolar e a memória foram importantes para que pudéssemos conhecer mais sobre os professores de turvo, bem como as escolas e datas em que lecionavam e sua relação a sociedade, mas também contribuir para a valorização e preservação dessa cultura escolar.

PALAVRAS CHAVE: Cultura escolar. Memória. (Auto)Biografia. Professores. Educação


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/rsp.v3i1.4573

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Saberes Pedagógicos

 

 

ISSN 2526-4559


Editor-chefe

Dr. Ricardo Luiz de Bittencourt

Corpo Editorial Científico

Dra. Andréia Morés, Universidade de Caxias do Sul, Brasil

Dr. Carlos Augusto Elsébio, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Dr. Christian Muleka Mwewa – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Brasil

Dr. Gildo Volpato, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Dra. Maria Antônia Ramos de Azevedo, Universidade Estadual Paulista, Brasil

Dra. Maria Isabel da Cunha, Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Dra. Marta Regina Furlan de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina, Brasil 

Dra. Mariana Saez, Universidade Nacional La Plata, Argentina

Dra. Maria Veronica Leiva Guerrero, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, Chile

Dra. Patrícia Jantsch Fiuza – Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil