A CONTRIBUIÇÃO DA FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA PARA A APROPRIAÇÃO DOS SABERES E FAZERES DO CUIDAR E EDUCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Bruna de Matos Bauer, Gislene Camargo

Resumo


O artigo teve como objetivo trazer a compreensão do cuidar e educar na Educação Infantil, sendo por meios da formação inicial e continuada. Deste modo, as observações que aconteceram paralelamente nos estágios não obrigatórios nos Centros de Educação Infantil (CEIs) e na graduação em Pedagogia, onde as teorias estudadas nem sempre condiziam com as práticas observadas, portanto formulou-se o seguinte problema: Como a Formação Inicial e Continuada pode contribuir para a apropriação dos saberes e fazeres das professoras da Educação Infantil sobre o Cuidar e Educar? Desse modo, elaboraram-se os objetivos: Geral - Analisar como a formação inicial e continuada contribui para a compreensão do Cuidar e Educar e seu redimensionamento na prática pedagógica. A pesquisa delineou-se pela abordagem qualitativa, com característica de pesquisa de campo, onde o instrumento de coleta de dados foi a entrevista, destinada às pedagogas que atuam na modalidade pré-escola, na rede municipal de Santa Rosa do Sul/SC. Como referenciais teóricos destacam-se Assis (2014), Costa (2014), Chimentão (2009), Ghedin e Almeida (2008), Pimenta e Lima (2012), Weiss (2012), Tardif (2002), Vercelli (2015), entre outros. Considerou-se com as análises das respostas, que a formação inicial e continuada pouco contribuíram com os saberes e fazeres das pedagogas, pois as mesmas salientaram que tiveram pouco conhecimento na formação inicial e declararam que a formação continuada deveria oferecer metodologias ou manuais. Perceberam-se discrepâncias entre os saberes e os fazeres, ainda há muito que ser discutido até que os limites sociais e culturais abram espaços para o binômio Cuidar e Educar.
PALAVRAS CHAVE: Formação Inicial e Continuada; Educação Infantil; Cuidar e Educar; Saberes e Fazeres.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/rsp.v3i2.5099

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Saberes Pedagógicos

 

 

ISSN 2526-4559


Editor-chefe

Dr. Ricardo Luiz de Bittencourt

Corpo Editorial Científico

Dra. Andréia Morés, Universidade de Caxias do Sul, Brasil

Dr. Carlos Augusto Elsébio, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Dr. Christian Muleka Mwewa – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Brasil

Dr. Gildo Volpato, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Dra. Maria Antônia Ramos de Azevedo, Universidade Estadual Paulista, Brasil

Dra. Maria Isabel da Cunha, Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Dra. Marta Regina Furlan de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina, Brasil 

Dra. Mariana Saez, Universidade Nacional La Plata, Argentina

Dra. Maria Veronica Leiva Guerrero, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, Chile

Dra. Patrícia Jantsch Fiuza – Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil