O CONSELHO TUTELAR E A ESCOLA: COSTURANDO RELAÇÕES EDUCATIVAS

Virgínia Maria Machado Canella, Lucy Cristina Ostetto

Resumo


Com o objetivo de compreender o relacionamento entre conselho tutelar e escola, identificar o papel fundamental do conselho tutelar na escola, assim como, as razões pelas quais o conselho tutelar é acionado pela escola, um questionário semiestruturado foi aplicado à conselheira tutelar e ao diretor da Escola Municipal de Ensino Básico Jardim Atlântico, ambas instituições situadas no município de Balneário Arroio do Silva, extremo sul catarinense. Através da análise das respostas obtidas pelos questionários, foi possível evidenciar a importância do bom relacionamento entre instituição de ensino e conselho tutelar, pois, o primeiro ator aqui citado é responsável por acionar o conselho tutelar assim que o caso de algum aluno, através de análise comportamental em sala de aula, é confirmado. Além disso, também foi ressaltada a importância de agentes extras na solução de casos envolvendo o conselho tutelar, como o CRAS e a Polícia Militar, atores que auxiliam com atividade em contraturno à escola e em casos envolvendo rompimento da legislação, respectivamente. Sendo assim, este trabalho foi concluído corroborando com a literatura existente sobre sua temática, onde a escola e o conselho tutelar devem ter um vínculo íntimo para que os alunos sejam encaminhados à tutelar de modo a auxiliar na melhoria das condições de realização de seus direitos, assim como a troca de informações sobre os casos dos alunos para a instituição de ensino, para que a mesma possa criar atividades que auxiliem o aluno na melhoria de seu processo de ensino-aprendizagem dentro das condições de seu caso.

PALAVRAS CHAVE: Conselho tutelar. Escola. Estatuto da Criança e do Adolescente. Relação entre instituições.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/rsp.v3i2.5111

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Saberes Pedagógicos

 

 

ISSN 2526-4559


Editor-chefe

Dr. Ricardo Luiz de Bittencourt

Corpo Editorial Científico

Dra. Andréia Morés, Universidade de Caxias do Sul, Brasil

Dr. Carlos Augusto Elsébio, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Dr. Christian Muleka Mwewa – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Brasil

Dr. Gildo Volpato, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Dra. Maria Antônia Ramos de Azevedo, Universidade Estadual Paulista, Brasil

Dra. Maria Isabel da Cunha, Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Dra. Marta Regina Furlan de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina, Brasil 

Dra. Mariana Saez, Universidade Nacional La Plata, Argentina

Dra. Maria Veronica Leiva Guerrero, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, Chile

Dra. Patrícia Jantsch Fiuza – Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil