A UTILIZAÇÃO DOS PROCESSOS PEDAGÓGICOS DE GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL (1º AO 5º ANO) DE DUAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE CRICIÚMA/SC

Celina Maria Moretti Zanette, Andréa Rabelo Marcelino

Resumo


A disciplina de Geografia possui características essenciais praticadas no Ensino Fundamental de primeiro ao quinto ano, estudando o funcionamento da natureza, a relação entre o processo histórico que regula a formação das sociedades humanas, através da observação do espaço geográfico e da paisagem. Buscou-se neste artigo, analisar a utilização dos processos pedagógicos do ensino de geografia, utilizadas em duas escolas de ensino fundamental (1º ao 5ª ano) da rede pública do município de Criciúma/SC. A fim de investigar os processos pedagógicos de Geografia, foi realizada uma pesquisa de campo de abordagem qualitativa, utilizando-se de questionamentos previamente estabelecidos, para aproximar-se das possíveis respostas em relação ao problema apresentado. Os dados coletados foram analisados à luz teórica dos seguintes autores: Brabant (2006), Brasil (1997-1998-2017), Callai (2013), Castrogiovanni (1998 – 2010), Cavalcanti (2010), Fernandes (2008), Freire (1996), Gil (1997), Minayo (2007), Passine (2007) Pereira (2011) e Schäffer (2003). Através da pesquisa realizada, foi possível perceber como as professoras ainda desconhecem os diferentes processos pedagógicos,para enriquecerem suas aulas através de experimentos, desafiando seus alunos, despertando a curiosidade e investigação, de forma a aprimorar a qualidade do ensino nesta área do conhecimento.

PALAVRAS-CHAVE: Geografia. Ensino Fundamental. Processos Pedagógicos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/rsp.v3i3.5361

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Saberes Pedagógicos

 

 

ISSN 2526-4559


Editor-chefe

Dr. Ricardo Luiz de Bittencourt

Corpo Editorial Científico

Dra. Andréia Morés, Universidade de Caxias do Sul, Brasil

Dr. Carlos Augusto Elsébio, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Dr. Christian Muleka Mwewa – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Brasil

Dr. Gildo Volpato, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Dra. Maria Antônia Ramos de Azevedo, Universidade Estadual Paulista, Brasil

Dra. Maria Isabel da Cunha, Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Dra. Marta Regina Furlan de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina, Brasil 

Dra. Mariana Saez, Universidade Nacional La Plata, Argentina

Dra. Maria Veronica Leiva Guerrero, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, Chile

Dra. Patrícia Jantsch Fiuza – Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil