A GESTÃO DEMOCRÁTICA E A FORMAÇÃO PARA A CIDADANIA: COMPROMISSO SOCIAL E POLÍTICO

Morgana Marcelino de Souza, Maria Aparecida da Silva Melo

Resumo


A gestão democrática na escola possui caráter de grande significado, pois é condição necessária para o desenvolvimento de uma educação de qualidade. Isso se dá devido ao fato da gestão democrática, em seus princípios, ensejar a participação efetiva da comunidade, dando oportunidade para que haja envolvimento e comprometimento de todos, numa perspectiva de educação para a formação cidadã. Em razão do exposto, as ações de planejamento constituem-se em possibilidade concreta para consecução de tais objetivos, visto que entende-se o projeto político-pedagógico como instrumento de gestão democrática, fomentando debates e definindo ações coletivas, voltadas às necessidades da escola e dos alunos. Para fundamentar o tema, realizou-se um estudo teórico sobre a função social da escola, a gestão democrática e o projeto político-pedagógico, cujo objetivo principal foi analisar o papel da gestão democrática na formação para a cidadania. Realizou-se também uma pesquisa de campo com três gestores da rede pública municipal da cidade de Criciúma para verificar quais ações são desenvolvidas para o cumprimento da função social; analisar a percepção dos diretores acerca do cumprimento da função social; compreender o processo de construção da gestão democrática e identificar os instrumentos utilizados. Partindo desta premissa, constatou-se ao final da pesquisa indícios de gestão com aporte técnico e burocrático, sem a preocupação com o desenvolvimento para a cidadania. Nessa perspectiva, entende-se a necessidade das escolas pesquisadas refletirem sobre o papel da gestão democrática como instrumento para o cumprimento da função social, no sentido de colaborar com ensino de qualidade e formação cidadã.

PALAVRAS-CHAVE: Função social da escola. Gestão democrática. Projeto político- pedagógico.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/rsp.v3i3.5370

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Saberes Pedagógicos

 

 

ISSN 2526-4559


Editor-chefe

Dr. Ricardo Luiz de Bittencourt

Corpo Editorial Científico

Dra. Andréia Morés, Universidade de Caxias do Sul, Brasil

Dr. Carlos Augusto Elsébio, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Dr. Christian Muleka Mwewa – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Brasil

Dr. Gildo Volpato, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Dra. Maria Antônia Ramos de Azevedo, Universidade Estadual Paulista, Brasil

Dra. Maria Isabel da Cunha, Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Dra. Marta Regina Furlan de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina, Brasil 

Dra. Mariana Saez, Universidade Nacional La Plata, Argentina

Dra. Maria Veronica Leiva Guerrero, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, Chile

Dra. Patrícia Jantsch Fiuza – Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil