POLÍTICAS PARA DESENVOLVIMENTO PORTUÁRIO E O PORTO DE IMBITUBA: A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS EXPORTADORAS DO MUNICÍPIO DE CRICIÚMA - SC

Géssica Bristot Zeferino, Julio César Zilli, Adriana Carvalho Pinto Vieira, Michele Domingos Schneider

Resumo


Resumo

As políticas públicas e normas para o desenvolvimento portuário do Brasil são desenvolvidas por meio da Secretária de Portos da Presidência da República (SEP/PR), contemplando as ancoras do desenvolvimento portuário, tais como o Plano Nacional de Logística Portuária, Plano de Desenvolvimento e Zoneamento, Plano Mestre e o Plano Geral de Outorgas. Inserindo-se no contexto portuário Sul catarinense, o Porto de Imbituba, está associado ao desenvolvimento da região Sul, principalmente pelo escoamento da produção de carvão nos anos de 1970 a 1990. A cidade de Criciúma – SC é polo industrial na região Sul, possuindo uma diversidade de empresas exportadoras e importadoras com relação comercial em diversos mercados. Neste contexto, o estudo teve como objetivo analisar a percepção das empresas exportadoras do município de Criciúma – SC perante as políticas públicas para o desenvolvimento do Porto de Imbituba- SC. Metodologicamente, o estudo caracterizou-se como uma pesquisa descritiva, quanto aos fins de investigação, e bibliográfica e um estudo multicaso, envolvendo as empresas exportadoras do município de Criciúma - SC. O instrumento de coleta de dados foi um questionário enviado por email aos profissionais de comércio exterior das empresas em estudo, envolvendo as empresas exportadoras versus Porto de Imbituba, desafios e oportunidades na operação com o Porto de Imbituba e empresas exportadoras versus políticas públicas para o desenvolvimento portuário. A análise dos dados foi essencialmente qualitativa. Verificou-se que as empresas exportadoras identificam a importância que as políticas públicas para o desenvolvido portuário do Porto de Imbituba, e que é necessário um planejamento para que os portos se tornem competitivos, porém, para a grande maioria das empresas estes planos não condizem muitas vezes com a realidade do Porto de Imbituba e demais portos.

Palavras-chave: Políticas. Desenvolvimento. Porto de Imbituba. 


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2016 Seminário de Ciências Sociais Aplicadas

ISSN 2236-1944