PLANEJAMENTO E CONTROLE DE CUSTOS PARA FORMAÇÃO DO PREÇO JUSTO DE VENDAS: EXPECTATIVAS DOS INTEGRANTES DA FES-UNESC

Idianete Paula Seque, Júlia Constante Pereira, Anderson Correa Benfatto, Carolina Citadin Milaneze, Zeli Felisberto, Milla Lúcia Ferreira Guimarães, Manoel Vilsonei Menegali, Realdo de Oliveira da Silva, Kátia Aurora Dalla Líbera Sorato, Andréia Cittadin

Resumo


Disponibilizar produtos e serviços de qualidade e com preço acessível ao consumidor é condição sine qua non para qualquer tipo de organização se manter sustentável. A busca por alternativas relacionadas à melhoria dos processos, diferenciação dos produtos e serviços, controle e redução dos gastos, formação de preço de venda adequado, entre outras, deve ser constante. Conforme Silva e Mello (2016), questões gerenciais também fazem parte do cotidiano dos empreendimentos solidários. Administrar esse tipo de entidade não é fácil para os envolvidos, visto que precisam cuidar da produção e não possuem conhecimento sobre instrumentos técnicos e gerenciais para subsidiá-los na gestão do negócio. Contudo, é preciso gerenciar os gastos nos empreendimentos solidários, principalmente devido à escassez de recursos e por estarem inseridos em um sistema capitalista altamente competitivo (SILVA; MELLO, 2016). Ademais, uma das características dos empreendimentos solidários é o estabelecimento do preço justo, o que transcende o valor da troca, pois oportuniza a capacidade de compra do consumidor, sem lucros exagerados, mas priorizando por remuneração digna e pela continuidade do empreendimento (NASCIMENTO; RÊGO; DIAS, 2016). Diante disso, surgiu a idealização do projeto de extensão intitulado Planejamento e Controle de Custos para Formação do Preço Justo de Vendas, o qual foi aprovado em 2016 e está vinculado ao Curso de Ciências Contábeis, ao Programa de Extensão em Gestão Contábil (PEGC) e à UNACSA da UNESC. O projeto visa desenvolver metodologia de gestão de custos e formação do preço de venda justo aos empreendimentos participantes da Feira de Economia Solidária da UNESC (FES-UNESC). O objetivo desse resumo consiste em relatar as ações desenvolvidas nesse projeto, bem como os resultados esperados pelos integrantes da FES-UNESC. O estudo é descritivo, qualitativo e realizado mediante entrevista semiestruturada com os agricultores e artesãos da FES-UNESC. As atividades iniciaram em março do corrente ano, com a apresentação dos principais objetivos do projeto aos empreendimentos solidários durante o Fórum de Economia Solidária. No encontro, sete integrantes mostraram-se interessados em gerenciar os custos de seus empreendimentos e solicitaram a elaboração de uma oficina sobre formação de preço de venda que está sendo discutida e planejada pelos integrantes do projeto considerando os seguintes aspectos: data, local, tempo de duração, conteúdos e metodologias. Posteriormente, foram investigadas as expectativas dos feirantes quanto ao projeto de extensão, constatando-se que muitos possuem dificuldades em gerir seus custos, embora já participaram de capacitações sobre esse processo.  Os empreendimentos buscam com o projeto aprender, de forma clara e objetiva, metodologias de formação do preço justo de venda para ampliar as vendas, trabalhar dentro da formalidade e conquistar espaço no mercado. Além disso, observou-se que muitos ainda não conseguem ter controle do que ganham e gastam, elaboram seus preços de venda de acordo com o preço de mercado, sem dar muita relevância ao tempo dispendido para a produção, insumos e matérias primas. Percebe-se, que as ações do projeto nesse primeiro ano devem focalizar nas demandas da comunidade atendida, de modo a dar condições de empoderamento aos partícipes, principalmente, em relação à formação do preço de venda.

Palavras-chave: Economia solidária; Gestão de Custos; Formação de Preço de Venda.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2016 Seminário de Ciências Sociais Aplicadas

ISSN 2236-1944