OS DESAFIOS DA DEMOCRACIA DELIBERATIVA PELAS NOVAS TECNOLOGIAS

Tiago Lemos, Renata Angelis Jamardo

Resumo


Conhecer as necessidades de um povo passa por entender de qual forma é feita sua organização, remontando da atualidade indo até seus primórdios. A democracia representativa modelo padrão dos Estados Modernos passa por grave crise de legitimidade ao passo que em regra boa parte dos Estados opta geralmente pela concentração de poder, o que faz gerar uma grave crise nesse modelo. Em verdade a simbiose da palavra democracia que significa um governo feito por todos, acaba sendo uma utopia, ao passo que na realidade essa governança é feita por apenas alguns quando dado Sistema Representativo, foge de um ideal horizontal, caminhando por uma ordenação vertical. Desde Hobbes, em seu clássico Leviatã com a nova conceituação de representação, dada por um Estado que por meio de seu povo elege seus representantes, era inimaginável como expressar a vontade do povo, razão pela qual foi criado o sistema representativo hegemônico e a sua Teoria de Representação. Nesse aspecto conceitual será analisada a base argumentativa do Sistema de Representação, por meio das obras de Montesquieu, Rousseau e Locke. Também, serão lançados os desafios da manutenção da Teoria da Representação na atualidade, frente à Democracia Deliberativa Digital, bem como outros modelos como a Democracia Participativa Digital trazendo uma analise comparativa e diferenciadora entre os vários modelos democráticos. Com as novas tecnologias de comunicação e informação implantadas no mundo moderno, o utópico sonho de Ágora nas atuais democracias, tem uma possibilidade de existência por meio de uma democracia verticalizada dada pelas novas tecnologias de comunicação e informação. Por fim, serão analisados os desafios diante da exclusão digital da população em geral, coadunados com tema críticos como o sufrágio universal. O método aplicado no artigo foi o hipotético-dedutivo, pois partindo de um problema a investigação procura-se uma resposta através da pesquisa qualitativa do referencial bibliográfico elegido para o estudo. O método de procedimento adotado foi o monográfico. Além disso, empregou-se a técnica de pesquisa bibliográfica.
Palavras chave: democracia, deliberativa, representação, tecnologias de informação, comunicação.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Seminário de Ciências Sociais Aplicadas

ISSN 2236-1944