OCUPAÇÃO CAÇADORA E COLETORA NO PLANALTO CENTRAL BRASILEIRO

Santiago Wolnei Ferreira Guimarães

Resumo


As pesquisas arqueológicas sobre o Planalto Central do Brasil indicam a existência de uma tradição lítica que se teria disseminado dentro desta área no Pleistoceno final. Esses estudos implicam uma relação entre esta dispersão e o meio ecológico característico da área em questão. Entretanto, a introdução de outros dados, correspondentes ao lado mais a oeste desta área, mostram uma variação tecnológica, indicando problemas ao se relacionar toda a área do Planalto Central à uma possível homogeneidade cultural. Pretendemos sustentar a ideia de que existiu uma diversidade cultural durante o Pleistoceno final como uma maneira de ampliar as discussões sobre o povoamento do Brasil no período pré-histórico.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

ISSN Impresso 1413-8131

 

Qualis Interdisciplinar - B4

Ciências Ambientais, Engenharia I, Geociências, História e Planejamento Urbanos e Regional/Demografia - B5

Antopologia/Arqueologia, Biodiversidade e Ciência de Alimentos - C 

 

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.