AVALIAÇÃO DOS MÉTODOS DE EXTRAÇÃO DE BENZO[A]PIRENO EM AMOSTRAS DE ÁGUA POR CLAE/FLU COM REDUÇÃO DE SOLVENTES

Vinícius Silveira Guimarães, Luan de Souza Ramos, Eduardo João Agnes, Alan da Silva Felisbino, Patrícia Aguiar de Amaral, Maria da Glória da Silva Santos

Resumo


Hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAPs) são um grupo de mais de 100 substâncias químicas diferentes que são formadas durante a queima incompleta do carvão, petróleo e gás, lixo ou outras substâncias orgânicas. Devido ao potencial de toxicidade, especialmente do benzopireno, este está associado com a causa de vários tipos de câncer pela sua capacidade de provocar mutação genética. Analisou-se os métodos de extração (extração em fase líquida e extração em fase sólida) utilizando cromatografia líquida de alta eficiência com detector de fluorescência em amostras de água contaminadas por benzopireno, além de avaliar se a redução do volume de solvente afeta a eficiência da técnica de Extração Líquido-Líquido (ELL). Os resultados mostraram uma boa resposta em ambos os métodos, porém a ELL é apropriada para amostras com maiores concentrações de material particulado, e nesta, mesmo reduzindo pela metade a quantidade de solvente empregado, não foi observado alteração significativa no resultado.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

ISSN Impresso 1413-8131

 

Qualis Interdisciplinar - B4

Ciências Ambientais, Engenharia I, Geociências, História e Planejamento Urbanos e Regional/Demografia - B5

Antopologia/Arqueologia, Biodiversidade e Ciência de Alimentos - C 

 

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.