PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS - ESTUDO DE CASO APLICADO A UMA INDÚSTRIA DE PLÁSTICO E ALUMÍNIO

Ana Paula Meneghel Feliciano, Sérgio Luciano Galatto

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo a proposição do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) em uma indústria de plástico e alumínio, localizada no sul de Santa Catarina. O método de trabalho utilizado considerou, preliminarmente, o levantamento de informações do setor de plástico e alumínio e ao gerenciamento de resíduos sólidos, seguido de diagnóstico extensivo nos diferentes setores das unidades fabris (Alumínio e Polímero). Realizou-se a pesagem de resíduos, por setor, durante dois meses consecutivos, visando obter uma estimativa de volume de resíduos por tipologia. Também foram propostas ações ao correto gerenciamento em conformidade a Lei n° 12.305/2010 que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Os resultados obtidos indicaram que existem deficiências generalizadas no gerenciamento de resíduos sólidos nas duas unidades fabris. O inventário identificou 199 diferentes tipos de resíduos, dentre os quais 102 foram classificados como não recicláveis e 97 como recicláveis. Em função das deficiências identificadas foram apontadas alternativas de adequação. Foram executadas algumas ações referentes ao gerenciamento de resíduos sólidos e educação ambiental.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

ISSN Impresso 1413-8131

 

Qualis Interdisciplinar - B4

Ciências Ambientais, Engenharia I, Geociências, História e Planejamento Urbanos e Regional/Demografia - B5

Antopologia/Arqueologia, Biodiversidade e Ciência de Alimentos - C 

 

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.