PARQUE NATURAL MUNICIPAL CAMINHO DO PEABIRU: UMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO ENTRE CONFLITOS E EXPECTATIVAS

Jonathas Kistner

Resumo


Criado pelo Decreto Municipal 428/2007, o Parque Natural Municipal Caminho do Peabiru tem área de 4.285.300m² e conta com remanescentes de antigas ocupações humanas pré-coloniais, como o Sambaqui Faisqueira I. Mas, a atual situação do Parque é no mínimo incerta. Um caso onde uma Unidade de Conservação é criada, os valores de indenização de terras são recebidos, e o projeto fica suspenso vítima de desentendimentos entre sociedade civil e poder público.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/ta.v21i0.1924



Direitos autorais



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

ISSN Impresso 1413-8131

 

Qualis Interdisciplinar - B4

Ciências Ambientais, Engenharia I, Geociências, História e Planejamento Urbanos e Regional/Demografia - B5

Antopologia/Arqueologia, Biodiversidade e Ciência de Alimentos - C 

 

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.