OS ARTEFATOS LÍTICOS XETÁ DA SUBCOLEÇÃO LOUREIRO FERNANDES: UMA ABORDAGEM ARQUEOLÓGICA NA COLEÇÃO ETNOGRÁFICA DO MAE-UFPR

Fabiana Terhaag Merencio

Resumo


Após os primeiros contatos entre as frentes colonizadoras e os Xetás, nas décadas de 1940 e 1960 na região da Serra dos Dourados na margem esquerda do rio Ivaí, noroeste do Paraná, expedições de pesquisa foram enviadas pelo Setor de Antropologia da UFPR com o objetivo de caracterizar a língua, cultural material e organização social dos Xetás.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/ta.v21i0.1929



Direitos autorais



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

ISSN Impresso 1413-8131

 

Qualis Interdisciplinar - B4

Ciências Ambientais, Engenharia I, Geociências, História e Planejamento Urbanos e Regional/Demografia - B5

Antopologia/Arqueologia, Biodiversidade e Ciência de Alimentos - C 

 

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.