ARQUEOBOTÂNICA DAS MADEIRAS DA ALAMEDA BRÜSTLEIN: ESTUDO DE CASO DE UM SÍTIO ARQUEOLÓGICO HISTÓRICO DE SANTA CATARINA

Julita Reynaud Rodrigues, João Carlos Ferreira de Melo Júnior

Resumo


Escavações em sítios arqueológicos do período colonial revelam, além de objetos em metal, cerâmica, vidro e outras matérias-primas já industrializados, diversos vestígios vegetais. Interpretações destes vestígios ajudam a aclarar aspectos sobre o modo de vida das pessoas e sua relação com o mundo natural muitas vezes desconhecido ou diferente daquele vivenciado em seus territórios de origem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/ta.v21i0.1932



Direitos autorais



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

ISSN Impresso 1413-8131

 

Qualis Interdisciplinar - B4

Ciências Ambientais, Engenharia I, Geociências, História e Planejamento Urbanos e Regional/Demografia - B5

Antopologia/Arqueologia, Biodiversidade e Ciência de Alimentos - C 

 

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.