REFLEXÕES PRELIMINARES PARA AÇÕES INCLUSIVISTAS DO PATRIMÔNIO CULTURAL NA VIDA DE PESSOAS CONFINADAS

Gerson Machado

Resumo


Este artigo expõe reflexões desenvolvidas na mesa redonda “Interfaces entre a Arqueologia, Educação Patrimonial e Inclusão Social” realizada em 15.10.2014, na IX Reunião da SAB SUL, no campus Joinville da Univille. É um relato de experiências de uma ação pontual de educação patrimonial, junto a um grupo de apenados da Penitenciária Industrial de Joinville que tiveram acesso às discussões advindas da interação com o patrimônio arqueológico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/ta.v21i0.1937



Direitos autorais



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

 ISSN Impresso 1413-8131

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.