FENOLOGIA DA FRUTIFICAÇÃO E ESTRATÉGIAS DE DISPERSÃO DE ÁRVORES E ARBUSTOS EM UM FRAGMENTO URBANO NO SUL DE SANTA CATARINA, BRASIL

Alexandra Rocha Vinholes, Lilian Sombrio Delfino, Alexandre Bianco, Birgit Harter Marques

Resumo


O estudo foi realizado em um fragmento urbano de Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas, no município de São João do Sul, sul de Santa Catarina, com o objetivo de identificar a época de frutificação das espécies vegetais arbustivo-arbóreas e suas estratégias de dispersão. Foram marcados um a três indivíduos de cada espécie vegetal que estava frutificando, classificado sua estratégia de dispersão e, quinzenalmente, foi realizado acompanhamento do estágio de maturação dos frutos, no período de novembro/2009 a setembro/2010. Foram encontradas 18 espécies vegetais com frutos pertencentes a dez famílias botânicas. Melastomataceae, Myrtaceae e Rubiaceae foram às famílias mais representativas com quatro espécies cada uma. Ocorreu disponibilidade de frutos durante todo o ano. A zoocoria foi a estratégia de dispersão encontrada em 17 espécies e a autocoria em apenas uma espécie. Os resultados evidenciam a realização de mais estudos sobre a fenologia e estratégias de dispersão de diásporos das espécies vegetais em fragmentos urbanos com inclusão de diferentes hábitos, visto que foi encontrado um número baixo de espécies arbóreas e arbustivas com frutos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/ta.v21i0.2243



Direitos autorais 2015 Tecnologia e Ambiente



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

ISSN Impresso 1413-8131

 

Qualis Interdisciplinar - B4

Ciências Ambientais, Engenharia I, Geociências, História e Planejamento Urbanos e Regional/Demografia - B5

Antopologia/Arqueologia, Biodiversidade e Ciência de Alimentos - C 

 

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.