INFLUÊNCIA DA ALTITUDE NA DEFORMAÇÃO DE ÁREAS PROJETADAS NOS SISTEMAS PLANOS UTM, LTM E RTM

Leonard Niero da Silveira, Jonatan dos Santos Rocha

Resumo


Atualmente, o sistema de projeção cartográfica mais utilizado é o UTM, por propor o uso de fórmulas simplificadas para cálculo que podem ser usadas facilmente em campo além de proporcionar precisões suficientes para a maioria dos trabalhos, com ressalvas quanto à utilização em obras de engenharia. Para obras que necessitem de uma melhor precisão para locação, eliminando as distorções inerentes a transformação de elementos sobre a superfície elipsóidica para a superfície plana, a melhor opção é a conversão das coordenadas planas UTM em coordenadas plano topográficas locais (levando em consideração a altitude), sendo admitidos em alguns tipos de serviços também os sistemas de projeção LTM e RTM. Na comparação feita, ao nível do mar a área que mais se aproximou do valor calculado para plano Topográfico Local foi o sistema LTM seguido pelo RTM e a maior diferença para o UTM. A comparação feita em altitude a que mais se aproximou da área computada do plano Topográfico Local foi a RTM, seguido pela LTM e a maior diferença permaneceu sendo a UTM. Analisando-se as diferenças relativas observou-se que houve uma ligeira piora nos resultados levando-se em consideração a altitude.

Palavras-chave: Topografia. Geodésia. Cartografia. Sistemas de Projeção.


Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Tecnologia e Ambiente



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

ISSN Impresso 1413-8131

 

Qualis Interdisciplinar - B4

Ciências Ambientais, Engenharia I, Geociências, História e Planejamento Urbanos e Regional/Demografia - B5

Antopologia/Arqueologia, Biodiversidade e Ciência de Alimentos - C 

 

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.