ABORDAGEM BRASILEIRA SOBRE COMUNIDADES DE PRÁTICA: ESTUDOS A PARTIR DE BUSCA SISTEMÁTICA

Luan Philippi Machado, Cristina Keiko Yamaguchi, Adriana Carvalho Pinto Vieira

Resumo


O conhecimento e as formas de disseminação são essenciais para melhorar os processos de vida e de convívio das pessoas. Comunidades de Prática abordam a formação de grupos de pessoas que partilham conhecimentos comuns e conseguem difundir e desenvolver novos conhecimentos. Objetivou-se avaliar como o termo Comunidades de Prática foi abordado nos estudos na base Scopus desde o ano de 2005. Caracteriza-se como estudo exploratório, descritivo, qualitativo e busca sistemática. Concluiu-se que grande parte dos estudos
encontram-se focados na área de conhecimento da educação; as pessoas se filiam para agregar novos conhecimento, e as CdPs são tratadas como método de criação e desenvolvimento do conhecimento que se constituem de forma livre e impessoal, com indivíduos que sabem socializar seus conhecimentos e buscam disseminá-lo porque dominam o objeto pelo qual compartilham e desenvolvem a prática de expor suas experiência e atentam as experiências dos outros indivíduos.

Palavras chave: Comunidades de Prática, Gestão do Conhecimento, Aprendizagem
organizacional.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Anais do Workshop de Administração

ISSN2525-572X

 

Organizadores

Izabel Regina de Souza

Débora Volpato