GOVERNAMENTALIDADE E A NECROPOLÍTICA

Autores

  • Maíra Soares Camacho

Resumo

O Estado, através dos seus instrumentos de dominação, dirige a dinâmica da vida dos corpos sendo que os biopoderes, segundo Michel Foucault, são técnicas de governo a fim de provocar o controle do domínio da vida pelo poder. Considerando tal escopo o filósofo Achille Mbembe se refere às políticas de controle social pela morte, ou seja, pela via inversa, já que o Estado tende a indicar e regrar como será a vida do indivíduo, todavia, a Necropolítica aduz que o poder pode produzir condições de morte. Desse modo, esse trabalho utiliza-se do método hipotético-dedutivo, através da revisão bibliográfica, a fim de indicar ao leitor
conceitos filosóficos que se amoldam à realidade atual e, portanto, estão presentes nas interações sociais diárias, a fim de demonstrar a possibilidade de políticas públicas ou a falta delas serem utilizadas para matar os corpos.

Palavras-chave: BIOPODER; ESTADO; GOVERNAMENTALIDADE; NECROPOLÍTICA.

Downloads

Publicado

2022-07-22