ALGORITMOS, BIG DATA E DIREITO: UMA ANÁLISE DAS VANTAGENS E OBSTÁCULOS DO USO DAS DECISÕES AUTOMATIZADAS DOS SISTEMAS DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NO PODER JUDICIÁRIO

Autores

  • Juliana Paganini
  • Taís Anacleto da Silveira

Resumo

O presente artigo teve como objetivo destacar o papel que a tecnologia exerce na era digital, sua utilização conferida a vários ramos, evidenciando sua introdução na área jurídica, especificamente no poder judiciário. Diante disso, verificou-se as
vantagens e obstáculos das decisões automatizadas feitas pelo poder judiciário, considerando o Algoritmo e o Big Data, como protagonistas da aplicação de inteligência artificial. A metodologia empregada teve natureza pura, abordando o problema de maneira qualitativa. Quanto ao método de procedimento, tratou-se de estudo de caso, analisando o uso do Algoritmo e do Big Data na tomada de decisão pelo poder judiciário. Os resultados obtidos constataram que o uso desses sistemas inteligentes, oportunizou celeridade e eficácia no emprego das suas funções, no entanto, devido à ausência da imparcialidade nas decisões produzidas pelo algoritmo, isso poderia acarretar uma influência, mesmo que inconscientemente no programa. Assim, a utilização desses sistemas inteligentes deve zelar pela transparência processual, para que possa entender quais suas verdadeiras
intenções em suas decisões.


Palavras-chave: Algorítmo; Big Data; Inteligência Artificial; Poder Judiciário.

Downloads

Publicado

2022-08-02