TEMPO DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR DE PACIENTES ATÉ UM ANO DE IDADE COMPLETO COM BRONQUIOLITE VIRAL AGUDA DURANTE 2020 EM UM HOSPITAL MATERNO INFANTIL DA REGIÃO CARBONÍFERA CATARINENSE

Autores

  • Andressa De Marco Machado
  • Fabiane Rosa E Silva
  • João Vítor Santana Mendes UNESC
  • Mariana Dornelles Frassetto
  • Monique Consenso Saviato
  • Kristian Madeira

DOI:

https://doi.org/10.18616/inova.v13i3.8284

Resumo

O presente estudo objetiva discorrer sobre o tempo de permanência em uma enfermaria pediátrica de pacientes diagnosticados com Bronquiolite Viral Aguda (BVA), com idade de até um ano completo, além de sua prevalência durante o ano de 2020. A BVA é uma infecção aguda das porções bronquiolares do trato respiratório, causando impactação de muco intraluminal, com o principal agente o Vírus Sincicial Respiratório. Ele possui prevalência sazonal com períodos de maior infecção entre maio e setembro. Os fatores de risco são idade < 6 meses, frequentar creches, doença pulmonar prévia, prematuridade, cardiopatia congênita, familiar tabagista, síndrome de Down, imunodeficiência e alto índice de vulnerabilidade. Estudo observacional descritivo, com base na análise das Autorização de Internação Hospitalar de pacientes internados em uma enfermaria pediátrica por BVA com idade ≤ 365 dias em 2020. As variáveis utilizadas foram idade, sexo, mês de internação e tempo de internação. A população do estudo foi composta por 12 pacientes, com média de idade de 6 meses e predomínio do sexo masculino. O tempo de internação médio foi de 4 dias havendo mais pacientes internados no mês de março. Com o estudo, ficou evidenciado a redução do número de casos e um menor tempo médio necessário de internação, sendo o período de março, setembro e dezembro os meses mais prevalentes, enquanto que geralmente o período de inverno no hemisfério sul é período de maior prevalência de doenças respiratórias no geral.

Downloads

Publicado

2023-12-08