A filosofia do direito de Oscar A. Romero: Pastor, profeta e padre da Igreja Latino-americana

Autores

  • Jesús Antonio de la Torre Rangel Universidad Autónoma de Aguascalientes - México

Resumo

Há trinta e cinco anos, em 24 de março de 1980, quando estava celebrando uma missa na capela do Hospital Divina Providência, na capital de El Salvador, foi assassinado o Monsenhor Oscar Arnulfo Romero, Arcebispo de San Salvador. Assim, quiseram calar a voz da justiça; a voz daquele que, junto com o pão e o vinho, ofereceu diariamente sua vida ao Pai de Jesus, ao denunciar a injustiça que se cometia contra o povo trabalhador, do qual se tomava o fruto do seu trabalho, do qual se tirava o pão que produzia. Romero fez Filosofia e Teologia do Direito, não de maneira sistemática, mas em suas mensagens e homilias, expressava a visão que tinha sobre o mundo jurídico. O objetivo destas linhas é falar de Direito, expressado como lei, direitos humanos e justiça, relacionado com o pensar e atuar de Monsenhor Romero.

Palavras-chave: Filosofia do Direito; Teologia; Direitos Humanos.

Downloads

Publicado

2016-12-21

Edição

Seção

Artigo