EDUCAÇÃO NA TRÍPLICE FRONTEIRA: CRIANÇAS FALANTES DE ESPANHOL NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE FOZ DO IGUAÇU

Autores

  • Laura Janaina Dias Amato Universidade Federal da Integração Latino-Americana http://orcid.org/0000-0003-0339-1185
  • Barbara Ferreira Lima Universidade Federal da Integração Latino-Americana

DOI:

https://doi.org/10.18616/ce.v11i1.6411

Resumo

Este artigo foi fundamentado em uma pesquisa que buscou compreender como se pensava o ensino de crianças falantes de espanhol no âmbito da rede pública municipal – 1ª a 5ª série – da cidade de Foz do Iguaçu que se encontra em uma região de Tríplice Fronteira com Argentina e Paraguai. Para isso se propôs a análise discursiva dos Projetos Políticos Pedagógicos (PPPs) de doze escolas e a observação de base etnográfica em três diferentes escolas da região: duas escolas no bairro do Morumbi e uma escola no bairro do Porto Meira. Objetivou-se com isso elencar se havia no contexto educacional reflexões que abordavam a educação inclusiva de crianças não-brasileiras nas escolas de Foz do Iguaçu, aspecto cada vez mais crescente que reflete a realidade sociohistórica da cidade. Para tanto, nos baseamos na teoria de currículos (PADILHA e GADOTI, 2003; VEIGA, 2002 e 2009) e o ensino intercultural (CANDAU, 2008) e com isso, observamos a premente necessidade de se reestruturar o modo de ensinar em uma região historicamente marcada pela diversidade linguística e cultural.

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70,1977.

BOGO, Lucia Vitorina. A Organização do Trabalho Pedagógico: dos Pressupostos Curriculares à Organização dos Documentos na Instituição Escolar. IN: ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO OESTE DO PARANÁ, Proposta Pedagógica Curricular: educação infantil e ensino fundamental (primeiros anos). Cascavel: Assoeste, p. 1–29, 2017.

CANDAU, Vera Maria. Direitos humanos, educação e interculturalidade: As tensões entre igualdade e diferença. Revista Brasileira de Educação, v. 13, n. 37, p. 45–57, 2008.

COQUI, Alexandre Dijan. A construção do projeto político-pedagógico na dimensão democrática. Trabalho de Conclusão de Curso de Especialização em Gestão Educacional. Universidade de Santa Maria, 2009.

PARANÁ, DELIBERAÇÃO Nº 09/01. Matrícula de ingresso, por transferência e em regime de progressão parcial; o aproveitamento de estudos; a classificação e a reclassificação; as adaptações; a revalidação e equivalência de estudos feitos no exterior e regularização de vida escolar em estabelecimentos que ofertem Ensino Fundamental e Médio nas suas diferentes modalidades. Conselho Estadual de Educação, 01 de outubro de 2001. Disponível em : http://celepar7cta.pr.gov.br/seed/deliberacoes.nsf/bb7cccb67074826503256f4800653a4b/d028154429fbb40203256ae9004d7094/$FILE/_j8himoqb2clp631u6dsg30e9d68o30c8_.pdf Acesso em janeiro de 2020.

EMGC, Equipe Mapa Guarani Continental. Caderno Mapa Guarani Continental: povos Guarani na Argentina, Bolívia, Brasil e Paraguai. Campo Grande: Cimi, 2016.

FERNANDES, Cleudemar Alves. Análise do discurso reflexões introdutórias. São Paulo: Claraluz, 2008.

FOZ DO IGUAÇU, LEI COMPLEMENTAR Nº 271, DE 18 JULHO DE 2017. Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado Sustentável. Foz do Iguaçu: Secretaria Municipal de Planejamento e Captação de Recursos, jul, 2016. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a/pr/f/foz-do-iguacu/lei-complementar/2017/27/271/lei-complementar-n-271-2017-institui-o-plano-diretor-de-desenvolvimento-integrado-sustentavel-pddis-foz-que-define-principios-objetivos-diretrizes-e-instrumentos-para-a-realizacao-das-acoes-de-planejamento-no-municipio-de-foz-do-iguacu. Acesso em janeiro de 2020.

LONGHI, Simone Raquel Pagel; BENTO, Karla Lucia; Projeto Político-Pedagógico: uma construção coletiva. Revista de divulgação técnico-científica do ICPG, [s. l.], v. 3, n. 9, p. 173–178, 2006.

MAIA, Francisca Paula Soares; AMATO, Laura Janaina Dias; CARDENAS, Linda. O. Relações Bilíngues em escola pública no Programa Escolas Interculturais de Fronteira (PEIF). In: Rubens Lacerda de Sá. (Org.). Português Para Falantes de Outras Línguas: Interculturalidade, Inclusão Social e Políticas Linguísticas. 1ed.Campinas: Pontes, 2016, v. , p. 33-54.

MALDONADO, Álvaro Estrada. Por una interculturalidad dialogante. EthosEducativo [online], año XI, nº 36 y 37, mayo/diciembre, 2006.

MAZZAROLLO, Juvencio. A taipa da injustiça: esbanjamento econômico, drama social e holocausto ecológico em Itaipu. São Paulo: Edições Loyola, 2003.

MONGELOS, Ivanilda da Silva. Che ñe' ẽ - a língua guarani nas escolas de Foz do Iguaçu. 17 p. Trabalho de Conclusão de Curso de História Licenciatura – Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Foz do Iguaçu, 2018.

OLIVEIRA, Luiz Fernandes de; CANDAU, Vera Maria Ferrão. Pedagogia decolonial e educação antirracista e intercultural no Brasil. Educação em Revista, v. 26, n. 1, p. 15–40, 2010.

OLIVEIRA, Nara Regina Olmedo de. Foz do Iguaçu intercultural: cotidiano e narrativas da alteridade. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Cultura e Fronteiras – Universidade Estadual do Oeste Paraná, 2012.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise de discurso: princípios & procedimentos. Campinas: Pontes, 2012.

PADILHA, Paulo Roberto; GADOTI, Moacir. Currículo intertranscultural: por uma escola curiosa, prazerosa e aprendente. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

PARO, V. H. Gestão democrática na escola pública. São Paulo: Ática, 1997

QUIJANO, Aníbal. Colonialidad y modernidad-racionalidad. Perú Indig. 13(29): 11-20, 1992

_______________. Colonialidad del poder, eurocentrismo y América Latina. In: LANDER, Edgar (comp.), La colonialidad del saber: eurocentrismo y ciencias sociales. Perspectivas Latinoamericanas. Buenos Aires: CLACSO, 2000. v. 13p. 201–246.

RIBEIRO, Simone Beatriz Cordeiro. Acolhimento intercultural e ensino de português como língua adicional nas escolas municipais de Foz do Iguaçu. Domínios de Lingu@gem, v. 12, n. 2, p. 940, 2018.

RODRIGUES, LUIZ FELIPE; GARCIA, Dalila Tavares. Cotidianos Fronteriços: Uma Reflexão a partir dos lugares. Revista GeoPantanal, p. 13–26, 2017.

SILVA, Tomaz Tadeu da (org) Alienígenas na Sala de Aula: uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis: Vozes, 1995.

SILVA, Tomaz Tadeu da, Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3. Ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

SOUZA, Aparecida Darc de. Formação econômica e social de Foz do Iguaçu: um estudo sobre as memórias constitutivas da cidade (1970-2008). Tese (Doutorado em História) – Universidade de São Paulo, 2009.

TODOROV, Tzvetan. A conquista da América: a questão do outro. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Planejamento: projeto de ensino-aprendizagem e projeto político-pedagógico. 1. Ed. São Paulo: Libertad, 2000.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas: Papirus, 2002.

________________ Projeto Político-Pedagógico e gestão democrática Novos marcos para a educação de qualidade. Retratos da Escola, v. 3, 2009.

WALSH, Catherine. Interculturalidad y (de)colonialidad: Perspectivas críticas y políticas. Visão Global, Joaçaba, v. 15, n. 1-2, p. 61-74, jan./dez. 2012.

Downloads

Publicado

2022-09-28