TEMPO DE NARRAR: UM OLHAR PARA O DIÁLOGO EM EDUCAÇÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18616/ce.v11i1.7249

Resumo

O ensaio objetiva refletir como a palavra dita, cantada, rimada pode ser vivenciada no contexto da educação. Trata-se de um convite às práticas de contação de histórias, utilizando-se de metáforas conforme a tradição da oralidade, em convergência com a narrativa. Inicialmente, aborda-se  o contexto dos primeiros educadores contadores de histórias, numa tentativa de visibilizar valores ancestrais no processo de narrar, com recurso da imaginação, fator fundamental nesse processo. Optou-se pela continuidade da palavra que envolve, que afeta e cria vínculos de confiança, tal como a história narrada por sujeitos envolvidos metaforicamente  e poeticamente, a fim de criar elementos que possibilitam o abrir a porta ao "era uma vez", evidenciando as possibilidades da narrativa como uma prática poética do educador, aproximando os sujeitos para um diálogo.

Downloads

Publicado

2022-09-28