EXPERIÊNCIA DOCENTE EM UMA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: USO DE LETRAS DE RAP PARA A PRÁTICA DE LEITURA, INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO DE TEXTO COM OS ALUNOS DETENTOS DE UM PRESÍDIO DA AMREC

Autores

Resumo

Este trabalho, de abordagem descritiva com traço de relato de experiência, é voltado a apresentar como foi o processo de ensino e participação, dos alunos detentos, nos encontros com aulas de literatura, da Extensão “Leitura Literária com Detentos: uma contribuição para a cidadania”, em parceria com o Presídio Santa Augusta. O Rap foi ferramenta fundamental no ensino-aprendizagem; ao levar as letras das músicas para dentro da cela de aula, houve um encontro identitário por parte dos estudantes, de forma a compactuar ao que Freire (1987) escreve, em relação ao diálogo e respeito pela trajetória e visão de mundo dos educandos. As práticas de interpretação e produção de texto tornaram-se significativas e proporcionaram bons resultados no ensino de Língua Portuguesa dos alunos presos.


Biografia do Autor

Silvana Mazzuquello Teixeira, Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC

Ensino médio - IFSC

Graduada em Letras - UNESC

Mestranda em Educação - UNESC/Bolsista CAPES

Desde o ensino médio vinculada à pesquisa e extensão. Hoje, os estudos estão direcionados à educação em prisões e populações em vulnerabilidade.

Referências

COSSON, Rildo. Letramento literário: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2011.

DAYRELL, Juarez T. A Educação do aluno trabalhador: uma abordagem alternativa. Educação em Revista, BH (15): p. 21-29. Junho 1992.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 45ª ed. Rio de Janeiro: Paz e

Terra, 2019, 190 p.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. 44ª ed. Rio de Janeiro: Paz e

Terra, 2021, 110 p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987, 107 p.

SCHLICKMANNM, Carlos Arcângelo. A prática de análise linguística em livros didáticos de língua portuguesa. In: Simpósio Internacional de Letras e Linguística, v. 2, n. 2, 2011, Uberlândia. Anais... Uberlândia: EDUFU, 2011. p. 1-14.

SCHROEDER, H. A música como linguagem no ensino do espaço geográfico urbano. PDE Geografia, 2009.

Downloads

Publicado

2022-03-30