D. NARCISA DE VILLAR E O VOTO FEMININO EM CIRCULAÇÃO DIGITAL NO BRASIL

Autores

  • Marlene Rodrigues Brandolt
  • Renata Marques de Avellar Dal-Bó
  • Tatiana Czornabay Mânica

Resumo

Resumo: A partir da literatura das escritoras do século XIX, tem-se por objetivo pensar a literatura de Ana Luísa de Azevedo Castro (1823-1869), com o romance feminino D. Narcisa de Villar, de 1858, e de Josefina Álvares de Azevedo (1851-1913), com a peça teatral O voto feminino, de 1890, na dependência com os epitextos, sobretudo em redes sociais. A reflexão paratextual será determinada pelo estudo do ponto de vista de Gérard Genette, em Paratextos editoriais, de 2009, com a finalidade de contribuir com a revisão das oitocentistas e suas obras em análise pela internet.

Palavras-chave: Reflexão paratextual. Escritoras do século XIX. Epitextos.

Referências

A Família: jornal litterario dedicado à educação de mãe de família. São Paulo, 1888-1889; Rio de Janeiro, 1889-1894. Disponível em: <http://bdlb.bn.br/acervo/handle/123456789/38623>. Acesso em: 12 maio 2014.

ASSIS, Machado de. Dom Casmurro. 28. ed. São Paulo: Ática, 1994.

D. Narcisa de Villar, Ana... Disponível em: . Acesso em: 12 fev. 2020.

AZEVEDO, Josefina Álvares de. A mulher moderna. Brasília: Livraria do Senado, [s.d.]. (Coleção Escritoras do Brasil) Disponível em: <https://livraria.senado.leg.br/index.php?_route_=a-mulher-moderna-colecao-escritoras-do-brasil>. Acesso em: 18 fev. 2020.

AZEVEDO, Josefina Álvares de. O voto. A Família, n. 77, 2 out. 1890.

BIBLIOTECA DO SENADO. Fotos. Disponível em: <https://livraria.senado.leg.br/index.php?_route_=a-mulher-moderna-colecao-escritoras-do-brasil>. Acesso em: 10 fev. 2020.

BOTTEON, Carla. Indígena do Ipiranga, 11 nov. 2015. Disponível em: <https://issuu.com/carlabotteon/docs/dossi___pdf>. Acesso em: 20 fev. 2020.

CHARTIER, Roger. Mundo como Representação. Texto publicado com permissão da revista Annales (n. 6, p. 1505-1520, Nov.-dez. 1989). O original em francês encontra-se à disposição do leitor no IEA para eventual consulta em Estudos Avançados, v. 11, n. 5, 1991.

CASTRO, Ana Luísa de Azevedo e (YPIRANGA, Indygena do). D. Narcisa de Villar. 5. ed. Florianópolis: Mulheres, 2008.

CAJU. Atividade de pesquisa de Literatura. Ana Luísa de Azevedo Castro, D. Narcisa de Villar, 18 abr. 2012. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=yVD8DVfgtqI >. Acesso em: 23 fev. 2020.

DIOGO, Luciana. ‘D. Narcisa de Villar’ em Folhetim, Ana Luísa de Azevedo e Castro – A Marmota (RJ) 13/04/1858 – 06/07/1858). Memorial de Maria Firmina dos Reis. Disponível em: <https://mariafirmina.org.br/d-narcisa-de-villar-em-folhetim-ana-luisa-de-azevedo-castro-a-marmota-rj-13-04-1858-06-07-1858/>. Acesso em: 15 fev. 2020.

DUARTE, Constância Lima. Escritoras nordestinas do século XIX: resgate e história. Estudos linguísticos e literários, Salvador, n. 59, p. 177-184, 2018. Disponível em: <https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/28871/17109>. Acesso em: 3 fev. 2020.

GENETTE, Gérard. Paratextos editoriais. São Paulo: Ateliê Editorial, 2009.

HEMEROTECA. Digital da Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://hemerotecadigital.bn.br/acervodigital/paiz/178691>; <http://memoria.bn.br/hdb/periodico.aspx;microfilmeseacervoimpresso>. Acesso em: 20 jul. 2015.

MUZART, Zahidé Lupinacci. A questão do cânone. Anuário de Literatura 3, p. 85-

, 1995. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/viewFile/5277/4657>. Acesso em: 23 jul.

SALES, Gabriela. Livro resgata papel da mulher na construção da identidade brasileira. Correio Braziliense, 21 mar. 2019. Disponível em: <https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2019/03/21/interna_cidadesdf,744319/livro-resgata-papel-da-mulher-na-construcao-da-identidade-brasileira.shtml>. Acesso em: 10 fev. 2020.

SPERB, Paula. Mulheres viram chance de voto na proclamação da República, mas acabaram excluídas. Folha de S. Paulo, 11 nov. 2019. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/11/mulheres-viram-na-proclamacao-da-republica-chance-de-voto-mas-acabaram-excluidas.shtml>. Acesso em: 2 fev. 2019.

Downloads

Publicado

2022-03-30