A CONTRIBUIÇÃO DO PENSAMENTO DIALÉTICO DE HENRI LEFEBVRE PARA A PESQUISA INTERDISCIPLINAR SOBRE A QUESTÃO URBANA

Teresinha Maria Gonçalves

Resumo


Este artigo é uma reflexão sobre as possibilidades do pensamento de Henri Lefebvre para a compreensão da realidade urbana, hoje resgatando nele o pensamento marxista e a visão dialética de mundo e sociedade. Lefebvre apresenta o fenômeno urbano como um espaço criado no âmbito da produção industrial, trazendo implícitas as contradições da sociedade industrial e as consequências destas na organização e configuração do espaço urbano. O interesse pela obra de Lefebvre decorre por motivos acadêmicos e político-sociais. A autora coordena um grupo de pesquisa sobre o espaço urbano há 12 anos, no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil, de onde surgem pesquisas sobre a cidade e o espaço urbano, tanto do grupo como de mestrandos e doutorandos. O GIPMAUR (Grupo Interdisciplinar e Interinstitucional de Estudos e Pesquisas sobre Meio Ambiente e Espaço Urbano) trabalha numa perspectiva interdisciplinar em que várias ciências tentam dialogar sobre a questão urbana. O conceito de totalidade implícito no método dialético é uma perspectiva estratégica no enfrentamento da fragmentação dos estudos urbanos e vem colaborar para a construção de uma metodologia de trabalho interdisciplinar. O estudo enfatiza a concepção de Lefebvre sobre espaço social, tecido urbano e vida cotidiana.

Palavras-chave: realidade urbana; pensamento dialético; espaço social; vida cotidiana; interdisciplinaridade.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/ta.v22i0.2793



Direitos autorais 2016 Tecnologia e Ambiente



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

 ISSN Impresso 1413-8131

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.