APLICAÇÃO DE FOTOIRRADIAÇÃO SOLAR PARA TRATAMENTO DE EFLUENTES DE LATICÍNIOS

Jaqueline Luiza Maculan, Michel Luzza, Juan Carlos Pokrywiecki, Elisângela Dusmann, Ivane Benedetti Tonial, Ticiane Sauer Pokrywiecki

Resumo


A indústria de laticínios gera grande volume de efluentes. Estudos têm avaliado novas tecnologias para o tratamento destes efluentes, com destaque para os Processos Oxidativos Avançados. O presente estudo teve como objetivo avaliar a redução de carga orgânica de efluentes lácteos utilizando um processo fotocatalítico heterogêneo com a construção de um reator fotocatalítico (TiO2/UVsolar). O reator foi montado em escala piloto para desenvolvimento dos testes preliminares e avaliação da efetividade do tratamento. Os efluentes foram avaliados nas formas: bruto (in natura) e tratado, exposto 2 horas à radiação solar com circulação do efluente sob a placa contendo TiO2. Foram avaliados as variáveis de pH, cor, turbidez, DBO e DQO. Os resultados revelaram que houve aumento nos parâmetros: pH, cor e turbidez do efluente tratado, no entanto, houve redução de 66,1% para a DBO e 66,5% para a DQO, indicando uma considerável diminuição de matéria orgânica no efluente. Porém, novos estudos deverão ser realizados com o objetivo de minimizar principalmente a cor e turbidez a fim de possibilitar melhoria no tratamento e possível utilização em escala industrial deste equipamento.

Palavras-chave: Efluente lácteo; Matéria Orgânica; Fotoirradiação solar.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/ta.v22i0.2960



Direitos autorais 2016 Tecnologia e Ambiente



 

 

ISSN Eletrônico 2358-9426

 ISSN Impresso 1413-8131

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.