Iniciação à docência: experiências formativas do professor pesquisador no PIBID Pedagogia/UNESC

Stefani Tanchela, Gislene Camargo

Resumo


Tendo como tema o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) e os professores pesquisadores, o presente artigo tem como objetivo analisar a contribuição do Programa na formação do professor pesquisador no curso de Pedagogia da Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC), o qual foi definido a partir do seguinte problema de pesquisa: o PIBID/Pedagogia-UNESC contribui para a formação do professor pesquisador? Fundamentado em uma pesquisa bibliográfica, com abordagem qualitativa, o estudo utilizou um questionário com perguntas abertas como técnica de coleta de dados. O referencial teórico investiga a presença do professor pesquisador nos documentos do PIBID e caracteriza o professor pesquisador. Participaram da pesquisa seis alunas do curso de Pedagogia, integrantes do PIBID entre um ano e mais de dois anos. Os resultados do questionário demonstram que as participantes reconhecem o valor da pesquisa para sua formação pessoal e profissional e, pelo incentivo do PIBID à pesquisa, já produziram e divulgaram artigos em diversos eventos científicos. Dessa forma, a presente pesquisa justifica-se por acrescentar um olhar sobre a importância de projetos voltados à pesquisa na formação docente.

PALAVRAS-CHAVE: PIBID. Pedagogia. Pesquisa. Formação docente.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18616/rsp.v1i1.3196

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Saberes Pedagógicos

 

 

ISSN 2526-4559


Editor-chefe

Dr. Ricardo Luiz de Bittencourt

Corpo Editorial Científico

Dra. Andréia Morés, Universidade de Caxias do Sul, Brasil

Dr. Carlos Augusto Elsébio, Universidade Federal do Paraná, Brasil

Dr. Christian Muleka Mwewa – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Brasil

Dr. Gildo Volpato, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Dra. Maria Antônia Ramos de Azevedo, Universidade Estadual Paulista, Brasil

Dra. Maria Isabel da Cunha, Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Dra. Marta Regina Furlan de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina, Brasil 

Dra. Mariana Saez, Universidade Nacional La Plata, Argentina

Dra. Maria Veronica Leiva Guerrero, Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, Chile

Dra. Patrícia Jantsch Fiuza – Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil